Repositório Digital

A- A A+

O impacto da ascensão chinesa na América Latina no século XXI : oportunidades e desafios no comércio internacional

.

O impacto da ascensão chinesa na América Latina no século XXI : oportunidades e desafios no comércio internacional

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O impacto da ascensão chinesa na América Latina no século XXI : oportunidades e desafios no comércio internacional
Autor Rigo, Antonella Greniuk
Orientador Cunha, Andre Moreira
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto América Latina
China
Comércio internacional
Competitividade
Crescimento econômico
Globalização
Integração econômica
[en] Competitiveness
[en] International trade
[en] Latin america
[en] Specialization
Resumo O impressionante crescimento econômico da China e a sua crescente integração com a economia global ao longo das últimas três décadas tem sido uma das características mais marcantes da última fase da globalização, particularmente após 2001, quando a China aderiu à OMC. A China não apenas cresceu rapidamente, como se tornou cada vez mais aberta. Isso tem afetado o mundo como um todo. Na análise dos impactos da China na América Latina, é vantajoso distinguir entre efeitos diretos e indiretos. Os efeitos diretos são aqueles que emergem do comércio bilateral. Dois impactos indiretos que são particularmente importantes são a competição com as exportações latino-americanas em terceiros mercados e nos mercados domésticos e o impacto da demanda chinesa no preço das commodities e nos termos de troca da região. Se esses impactos são positivos ou negativos para as economias da região como um todo tem sido tema de discussão. Neste trabalho, argumentamos que, enquanto não há dúvida de que a demanda chinesa por commodities primárias tem sido, no curto prazo, uma oportunidade para a região, há preocupações de que a China está gerando uma ênfase demasiada da região nos setores menos dinâmicos, com pouco espaço para setores de elevado valor agregado e na fronteira tecnológica. Além disso, afirmamos que o comércio bilateral sino-latino-americano reproduz o padrão centro-periferia.
Abstract China‟s impressive economic growth and increased integration with the global economy over the last three decades has been one of the most striking features of the latest phase of globalization, particularly after 2001, when China joined WTO. China not only grew rapidly, but also became much more open. This has been affecting the whole world. In analyzing the impacts of China on Latin America it is useful to distinguish between the direct and indirect effects. Direct effects are those which arise from bilateral trade. Two indirect impacts that are particularly important are the competition for Latin American exports to third and domestic markets and the impact of Chinese demand on commodity prices and on the region‟s terms of trade. Whether or not these impacts are positive or negative for the region‟s economies overall has been a matter of some debate. In this paper, we argue that, while there is little doubt that in the short-run Chinese demand for primary commodities has been a boom to the region as a whole, there are concerns that this is leading to an overemphasis on the less dynamic primary sectors with only limited opportunities for increasing value added and technological change. Besides, we support that China-Latin America trade has reproduced the centre-periphery pattern.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/28387
Arquivos Descrição Formato
000770421.pdf (1.242Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.