Repositório Digital

A- A A+

Análise taxonômica de tipos foliares de glossopterídeas em depósitos do permiano inferior da bacia do paraná, Rio Grande do Sul rubidgea spp., gangamopteris spp., glossopteris occidentalis, g. browniana

.

Análise taxonômica de tipos foliares de glossopterídeas em depósitos do permiano inferior da bacia do paraná, Rio Grande do Sul rubidgea spp., gangamopteris spp., glossopteris occidentalis, g. browniana

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise taxonômica de tipos foliares de glossopterídeas em depósitos do permiano inferior da bacia do paraná, Rio Grande do Sul rubidgea spp., gangamopteris spp., glossopteris occidentalis, g. browniana
Autor Tybusch, Graciela Pereira
Orientador Iannuzzi, Roberto
Data 2005
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Anatomia foliar
Paleobotânica : Rio Grande do Sul
Taxonomia vegetal
Resumo A “Flora Glossopteris” dominou o supercontinente Gondwana durante o período do Permiano, sendo as glossopterídeas o principal elemento que a constitui e caracteriza. Na Bacia do Paraná, destaca-se a presença de três morfogêneros de folhas de glossopterídeas, i.é Rubidgea, Gangamopteris e Glossopteris, compostos por várias espécies de ampla distribuição geográfica e estratigráfica. Contudo, as folhas de glossopterídeas estão entre os megafósseis cuja classificação e nomenclatura taxonômica se encontram menos elucidadas devido, principalmente, ao seu peculiar padrão de nervação e a ausência, na maioria dos casos, de estrutura cuticular ou frutificações anexas. Apesar destas dificuldades, as folhas e frutificações de glossopterídeas têm sido comumente utilizadas na bioestratigrafia em diversas seções permianas das bacias gondvânicas. Mesmo assim, pouca ênfase tem sido dada ao uso destas espécies como fósseis-guia na Bacia do Paraná. Tendo em vista o exposto, este trabalho teve como objetivo a reavaliação taxonômica de algumas formas de glossopterídeas do Permiano do Rio Grande do Sul, a fim de ampliar o conhecimento sobre determinados elementos da “Flora Glossopteris” e corroborar no detalhamento do arcabouço fitoestratigráfico do estado. O material analisado é proveniente dos afloramentos Morro do Papaléo, Quitéria, Acampamento Velho, Faxinal, Pedreira e Cambaí Grande, compondo-se de espécimes inéditos, bem como de material já descrito. A partir da análise do material referente a glossopterídeas foi possível constatar que: (a) os espécimes anteriormente classificados no gênero Rubidgea não correspondiam à diagnose deste táxon, estando, deste modo, este gênero ausente em estratos permianos do Rio Grande do Sul; (b) os espécimes previamente atribuídos à Rubidgea são transferidos para Gangamopteris e correspondem, na verdade, a distintas espécies deste gênero, a saber: G. obovata, G. obovata var. major, G. buriadica e duas novas espécies, Gangamopteris sp. 1 e Gangamopteris sp. 2; (c) Glossopteris occidentalis mostrou-se uma espécie válida, tendo sua diagnose original emendada e sua distribuição estratigráfica estendida à Subzona Phyllotheca indica; (d) constatou-se a presença de Glossopteris browniana no topo do afloramento de Quitéria, espécie antes restrita aos níveis basais desta seção possibilitando, assim, estender sua distribuição à recente eregida Subzona Botrychiopsis valida.
Abstract The “Glossopteris Flora” has been the vegetation that dominated throughout Gondwana supercontinent during the Permian period. The main characteristic element of this flora was without doubt the glossopterid plants. In Paraná Basin, three distinct leaf morphogenera have been recorded, which include several morphoespecies of wide geographic distribution and stratigraphic range. However, the glossopterid leaves are one of the taxa less understood in terms of taxonomic nomenclature and classification due to their unique venation pattern and the absence of cuticles or fructification found in connection. Despite this problems, the glossopterid leaves and fructifications have been useful for biostratigraphic proposes in many of the Permian sections from Gondwana basins. Otherwise, the use of these plant organs as guide-fossils has not been emphasize in the strata from Paraná Basin. Have in mind this context, the main goal of this contribution is the taxonomic reavaluation of some important glossopterid leaves recovered from the Lower Permian deposits of Rio Grande do Sul State, in order to increase our knowledgement about specific elements of the “Glossopteris Flora” and their respective stratigraphic ranges. The plant material studied was collected in the following outcrops: Morro do Papaléo, Quitéria, Acampamento Velho, Faxinal, Pedreira and Cambaí Grande. This material is composed of both published and unpublished specimens. The analysis carried out in this contribution allowed us reach the following conclusions: (a) the specimens previously classified in the genus Rubidgea do not correspond to the diagnoses established for this taxon, consequently, it is supposed that the genus Rubidgea is not present in the Permian deposits from Rio Grande do Sul; (b) those specimens, before included in Rubidgea, are herein assigned to Gangamopteris, corresponding in reality to different species from this genus as follows: G. obovata, G. obovata var. major, G. buriadica and two new species, Gangamopteris sp. 1 and Gangamopteris sp. 2; (c) Glossopteris occidentalis is not only considered a valid species but also its diagnoses has been emended herein and its biostratigraphic range extended until the underlying Phyllotheca indica Subzone; (d) the species Glossopteris browniana has been identified in the uppermost Quitéria outcrop, indicating the presence of this taxon in a recent erected biostratigraphic unit, e.g. Botrychiopsis valida Subzone.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/28479
Arquivos Descrição Formato
000529392.pdf (3.868Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.