Repositório Digital

A- A A+

Efeito de dois diluidores comerciais na qualidade do sêmen, fertilidade e reação uterina pós-inseminação em ovelhas

.

Efeito de dois diluidores comerciais na qualidade do sêmen, fertilidade e reação uterina pós-inseminação em ovelhas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito de dois diluidores comerciais na qualidade do sêmen, fertilidade e reação uterina pós-inseminação em ovelhas
Autor Fischer Neto, Arthur
Orientador Oberst, Eneder Rosana
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Laparoscopia : Ovinos
Reproducao animal : Ovinos
Semen : Fertilidade animal
[en] Artificial insemination
[en] Estrous synchronization
[en] Intrauterine inflammatory reaction
[en] Semen
[en] Sheep
Resumo Este estudo teve por objetivo avaliar os efeitos de dois diluentes comerciais, Dilutris® (SEMENCON – Produtos Agropecuários Ltda., Porto Alegre, RS, Brasil) e TQC Holding Plus® (Nutricell – Nutrientes Celulares Ltda., Campinas, SP, Brasil), na qualidade do sêmen, nas taxas de concepção utilizando inseminação artificial cervical (IAC) e por laparoscopia (IAL) e na reação inflamatória uterina após a inseminação laparoscópica. Para os testes in vitro do sêmen foram coletados seis ejaculados de dois carneiros. Cada ejaculado foi dividido em cinco frações de 0,20 mL, e acrescentado a cada fração o volume de diluidor equivalente a concentração da dose inseminante: para IAC (100x106 espermatozóides) e para IAL (40x106 espermatozóides), formando quatro tratamentos T1, T2, T3 e T4, respectivamente: Dilutris®/cervical; Dilutris®/laparoscopia; Holding®/cervical; Holding®/laparoscopia. Foram avaliadas a motilidade/ vigor, testes de termo-resistência e hiposmótico de cada fração. A motilidade e o vigor não diferiram entre os tratamentos e foram semelhantes aos verificados no sêmen fresco. No teste hiposmótico, os valores verificados no T4 e T1 foram semelhantes e não diferiram dos observados no sêmen fresco. Os valores observados nos tratamentos T2 e T3 não diferiram entre si, mas foram significativamente inferiores (P<0,05) aos verificados no T4. Os resultados do teste de TTR verificados em todos os tratamentos utilizados, foram superiores ao valor mínimo de 30% preconizado pelo CBRA. O T1 apresentou valor significativamente inferior (P<0,05) ao dos demais tratamentos. Para a inseminação artificial, 208 fêmeas tiveram o estro sincronizado com esponjas vaginais contendo 60 mg de MAP por 13 dias e aplicação de 400 UI de eCG no momento da retirada. Foram inseminadas pela via cervical (IAC) ou por laparoscopia (IAL), 54 horas e 60 horas, respectivamente, após a retirada do dispositivo intra-vaginal, com sêmen diluído com Dilutris®, Holding® ou solução fisiológica (Grupo controle). Independentemente do diluente utilizado, os índices obtidos na IAL foram superiores (P<0,05) aos obtidos pela IAC. Na IAC a taxa de gestação obtida no grupo inseminado com o diluente TQC Holding Plus® (45,6%), foi semelhante à verificada no grupo controle (48,9%). Já no grupo que foi inseminado com Dilutris®, a taxa de gestação (29%) foi inferior à obtida no grupo controle (P<0,05). Com relação aos aspectos histológicos, verificou-se um infiltrado inflamatório de neutrófilos de grau discreto a acentuado nos úteros inseminados por laparoscopia com Dilutris®, de ausente a moderado nos úteros inseminados com TQC Holding Plus®, e no grupo controle não houve presença de infiltrado inflamatório de neutrófilos. Podese concluir que na avaliação in vitro, o meio de manutenção de embriões TQC Holding Plus® não causou efeitos negativos na qualidade do sêmen, enquanto que o meio diluidor Dilutris® foi menos efetivo na manutenção da qualidade do sêmen. O local de deposição do sêmen teve influência significativa no índice de fertilidade (P<0,05). Por laparoscopia as taxas de gestação foram semelhantes independentemente do diluidor utilizado. Um maior número de avaliações uterinas são necessárias para um melhor conhecimento da reação inflamatória intra-uterina em ovinos inseminados por laparoscopia.
Abstract This study aims to assess the effects of two commercial diluents, Dilutris® (SEMENCON – Produtos Agropecuários Ltda., Porto Alegre, RS, Brazil) and TQC Holding Plus® (Nutricell – Nutrientes Celulares Ltda., Campinas, SP, Brazil), on semen quality, conception rates using Cervical Artificial Insemination (CAI) and Laparoscopic Artificial Insemination (LAI), and uterine inflammatory reactions after the laparoscopic insemination. For the in vitro tests with the semen, six ejaculates of two rams were collected. Each ejaculate was divided into five fractions of 0.20 mL, and we added to each fraction the volume of extender equivalent to the concentration of the inseminant dose: for CAI (100x106 spermatozoa) and for LAI (40x106 spermatozoa), forming four treatments T1, T2, T3, and T4, respectively: Dilutris®/cervical; Dilutris®/laparoscopy; Holding®/cervical; Holding®/laparoscopy. The motility/vigor, thermo-resistance and hypoosmotic tests of each fraction was evaluated. The motility and vigor were not different between the treatments and were similar to those verified in fresh semen. In the hypoosmotic test, the values verified in T4 and T1 were similar and were not different from those observed in fresh semen. The values observed in T2 and T3 treatments have not differed between them, but were significantly lower (P<0.05) to those verified in T4. Results of the TTR test verified in all used treatments were superior to the minimum value of 30% preconized by CBRA. T1 presented a significantly lower value (P<0.05) compared to the other treatments. For artificial insemination, 208 female had their estrus synchronized with vaginal sponges containing 60 mg of MAP for 13 days and the application of 400 UI of eCG at the moment of removal. They were inseminated by cervical via (CAI) or by laparoscopy (LAI), 54 and 60 hours, respectively, after the removal of the intravaginal device, with semen diluted with Dilutris®, Holding® or physiological solution (control group). Independently of the extender used, the obtained rates in the LAI were superior (P<0.05) to those obtained with the CAI. In CAI the pregnancy rate obtained in the inseminated group with the TQC Holding Plus® diluent (45.6%) was similar to the one verified in the control group (48.9%). In the group inseminated with Dilutris®, the pregnancy rate (29%) was inferior to the obtained in the control group (P<0.05). Related to the histological aspects, we verified a discreet to accentuated degree of neutrophils inflammatory infiltrate in the uterus inseminated by laparoscopy with Dilutris®, from absent to moderate in uterus inseminated with TQC Holding Plus®, and in the control group there was not inflammatory infiltrate of neutrophils. We can conclude that in the in vitro evaluation, the embryos maintenance means TQC Holding Plus® has not caused negative effects in the quality of the semen, while the Dilutris® extender was less effective to maintain the quality of the semen. The semen deposition site has a significant impact in the fertility rate (P<0.05). By laparoscopy the pregnancy rates were similar independently of the extender used. A larger number of uterine analyses are required for a better knowledge of the intrauterine inflammatory reaction in sheep inseminated by laparoscopy.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/28491
Arquivos Descrição Formato
000715227.pdf (470.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.