Repositório Digital

A- A A+

Inventário das geleiras da Cordilhera Oriental, Bolívia : 1975-2009

.

Inventário das geleiras da Cordilhera Oriental, Bolívia : 1975-2009

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Inventário das geleiras da Cordilhera Oriental, Bolívia : 1975-2009
Autor Oliveira, Ana Maria Sanches Dorneles Ferreira de
Orientador Bremer, Ulisses Franz
Co-orientador Velho, Luiz Carlos
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geografia: Bacharelado.
Assunto Andes, Cordilheira dos
Bolívia
Geografia
Mudanças climáticas
Retração glacial
[en] Amazonianwatershed
[en] Bolivian Andes
[en] CBERS-2B
[en] Climatechange
[en] Glacial retreat
[en] HighResolutionCamera (HRC)
Resumo Geleiras de montanha são importantes indicadores das mudanças climáticas e reservam informações ambientais pretéritas significativas sobre a evolução do clima da Terra. As que respondem mais rapidamente a essas mudanças estão localizadas entre os trópicos. Na Bolívia, geleiras tropicais são encontradas associadas ao relevo escarpado da Cordilheira dos Andes, tendo importante papel nas culturas locais, além de sua relevância enquanto recurso hídrico. Este trabalho verificou as alterações nas áreas das geleiras bolivianas da Cordilheira Oriental (14º 37’ S, 69º 14’ W – 17º 4’ S, 67º 13’ W) entre 1975 e 2009. Cartas topográficas forneceram as áreas das geleiras em 1975 e auxiliaram na identificação das bacias de drenagem. A partir de imagens HRC/CBERS-2B, foi possível elaborar os mosaicos para a área de estudo. Com a classificação supervisionada, utilizando o método do paralelepípedo, obtiveram-se as áreas para o ano de 2009. Os resultados foram parciais porque as cenas HRC apresentam sérias limitações referentes à cobertura de nuvens e à presença de ruídos. No entanto, os dados obtidos mostram que as áreas das geleiras da Cordilheira Oriental retraíram cerca de 38,71% durante o período de observação. As variações obtidas por região são: Cordilheira Apolobamba/ região Cololo (- 24,58%); Cordilheira Real Norte/região Satuni-HuaynaPotosi (-39,66%), região Calzada-Chearoco-Chachacomani (- 5,22%) e região Nigruni-Condoriri (- 44,09%); Cordilheira Real Sul/região Hampaturi-Taquesi (-77,96%), e região Mururata (-52,38%); Cordilheira TresCruces (Quimsa Cruz)/região Choquetanga (- 50,53%) e região alta (- 25,01%). Os resultados demonstram que existem mudanças sensíveis observadas nas geleiras da Cordilheira Oriental. Eles sugerem a importância de se inventariar e monitorar estas areas sistematicamente.
Abstract Mountain glaciers are important indicators of climate change, storing significant environmental information of the Earth´s climate evolution. Of these ice masses, the ones that respond most rapidly are located between the tropics. In Bolivia, tropical glaciers are found associated to the scarped terrain of the Andes Mountain Range, having a key role in local cultures, as well as being relevant as a water resource. This work verified the changes in the glacier área of the Bolivian Cordilheira Oriental (14º 37’ S, 69º 14’ W – 17º 4’ S, 67º 13’ W) between 1975 and 2009. To this end, topographic maps offered the glacier extension in 1975, and also assisting in drainage basins identification. From HRC/CBERS-2B imagery it waspossible to form the mosaics for the study area. With supervised classification, employing the parallelepiped method, it was possible to determine the glacier area in 2009. Results were partial, due to serious limitations related to cloud cover and the presence of noise. Nevertheless, the obtained data showed that the Cordilheira Oriental glaciers area retreated approximately 38.71% during the study period. The regional variations were: Cordilheira Apolobamba/Cololoregion (-24.58%); Cordilheira Real Norte/Satuni-Huayna Potosi region (-39.66%), Calzada-Chearoco- Chachacomaniregion (-5.22%) and Nigruni-Condoriri region (-44.09%); Cordilheira Real Sul/Hampaturi-Taquesi region (-77.96%), Mururata region (-52.38%); Cordilheira TresCruces (Quimsa Cruz)/Choquetanga region (-50.53%) and the high region (-25.01%). Results show that there are sensitive changes in the observed Cordilheira Oriental glaciers, suggesting theimportance of compiling and inventory and monitoring these areas, systematically.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/28498
Arquivos Descrição Formato
000769405.pdf (3.427Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.