Repositório Digital

A- A A+

Fatores que podem estar contribuindo para o aparecimento de manifestações patológicas na zona de encunhamento de paredes em obras de Porto Alegre

.

Fatores que podem estar contribuindo para o aparecimento de manifestações patológicas na zona de encunhamento de paredes em obras de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fatores que podem estar contribuindo para o aparecimento de manifestações patológicas na zona de encunhamento de paredes em obras de Porto Alegre
Autor Daldon, Marcelo
Orientador Masuero, Angela Borges
Data 2008
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Este trabalho versa sobre a apresentação de prováveis causas do aparecimento de manifestações patológicas na zona de encunhamento de paredes e de técnicas práticas para minimizá-las. Desenvolvendo o assunto na área de patologia da construção civil, é possível contextualizá-lo em um breve histórico mapeado por constantes mudanças na forma de construir e projetar as edificações nos últimos dez anos. O uso de materiais leves e especificação de concretos com elevadas resistências de compressão viabilizam o dimensionamento de estruturas mais esbeltas, deformáveis e menos contraventadas. Fenômenos negativos vêm ocorrendo com maior freqüência, preocupando cada vez mais os profissionais da área. Muitos são os fatores que podem estar relacionados ao aparecimento de manifestações patológicas, mas as deformações lentas da estrutura em conjunto com falhas de execução do encunhamento de paredes parecem ser os principais causadores de fissuras, descolamento de revestimentos e esmagamento de blocos. As ocorrências de manifestações patológicas foram registradas com maior freqüência em empreendimentos com ritmos intensos de construção. Mesmo estando diretamente ligado a estes casos, o uso do material resiliente (deformável) neste tipo de empreendimento apresentou desempenho satisfatório, enquanto, em empreendimentos com ritmo de construção menos acelerado, o encunhamento rígido, argamassa de cimento e areia com aditivo expansor, demonstrou-se adequado, atingindo valores de resistência à compressão de 4,0 MPa. Cuidados com a especificação da resistência à compressão do concreto, taxas de armadura mínima, processos de cura durante a execução da estrutura e o controle de retirada de escora somente após os 28 dias de cura (linhas de reescoramento) são ações preventivas que podem contribuir para o maior controle das deformações estruturais. Retardar o maior tempo possível a execução do encunhamento, priorizar uma ordem de encunhamento de paredes que proporcione o acréscimo lento e gradual das cargas do pavimentos acima, implementar o controle de qualidade na produção da argamassa e verificação de alvenarias e estruturas são medidas que facilitam a boa prática da execução do encunhamento.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/28541
Arquivos Descrição Formato
000769466.pdf (1.217Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.