Repositório Digital

A- A A+

Pisos industriais em concreto : determinação de teores ótimos de fibras de aço e polipropileno em ensaios mecânicos

.

Pisos industriais em concreto : determinação de teores ótimos de fibras de aço e polipropileno em ensaios mecânicos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Pisos industriais em concreto : determinação de teores ótimos de fibras de aço e polipropileno em ensaios mecânicos
Autor Guimarães, Diego
Orientador Silva Filho, Luiz Carlos Pinto da
Co-orientador Pacheco, Alexandre Rodrigues
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Apesar do concreto ser um material amplamente utilizado na indústria da construção civil, as estruturas construídas com este material podem apresentar sérias patologias devido ao seu comportamento frágil. Inúmeras pesquisas têm sido realizadas com o intuito de minimizar essa característica do material. Uma das alternativas atualmente é a adição de fibras randomicamente dispersas no material. Pisos industriais são casos muito importantes dentro da realidade da construção civil e, devido a sua relação entre área e espessura, podem vir a apresentar sérios problemas. Dentre as principais patologias, podem ser destacadas as fissuras, a abrasão, o desgate e o esborcinamento (fraturamento junto às bordas). Um piso industrial sofre a ação de diversos tipos de carregamentos, além de problemas de retração e variação térmica. Esses fatores influem para que a vida útil seja minimizada. Desta forma, esta pesquisa visa colaborar para o avanço dos estudos dos concretos reforçados com fibras, com uma atenção especial para os pisos industriais reforçados com fibras de polipropileno ou aço. Quando a matriz cimentícia é reforçada com fibras, muitas de suas propriedades são alteradas: trabalhabilidade, resistência à compressão, módulo de ruptura (resistência à tração na flexão), resistência à tração direta, resistência ao impacto, resistência à fadiga, aumento da tenacidade e inibição na propagação de fissuras. Em projetos de pisos, haverão ganhos em economia e eficiência se os teores de fibras estiverem dosados com um teor ótimo, de maneira que não haja desperdícios, nem fique aquém do seu desempenho potencial. Para avaliar os efeitos da adição das fibras, foram realizados ensaios de tração na flexão, de compressão axial, e de impacto, teores entre 0,6% e 1,0% sobre o volume total de concreto, sendo utilizados dois tipos de fibras: aço e polipropileno. A utilização dos resultados obtidos nos ensaios deve colaborar para com melhorias na utilização das fibras em pisos industriais. Com a análise dos resultados, pode-se verificar que os teores de 0,8% tiveram uma melhor eficiência nos ensaios, sendo um alternativa interessante para a adição em pisos industriais. Na análise, os resultados de 0,6% de aço e de polipropileno foram muito similares e, desta forma, para baixos teores, o polipropileno se torna uma alternativa mais atrativa devido ao seu menor preço em relação ao aço.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/28560
Arquivos Descrição Formato
000769513.pdf (4.489Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.