Repositório Digital

A- A A+

Monitoramento de Anastrepha fraterculus (Wied. 1830) (Diptera: Tephritidae) : flutuação populacional, avaliação de atrativos e caracterização ovariana

.

Monitoramento de Anastrepha fraterculus (Wied. 1830) (Diptera: Tephritidae) : flutuação populacional, avaliação de atrativos e caracterização ovariana

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Monitoramento de Anastrepha fraterculus (Wied. 1830) (Diptera: Tephritidae) : flutuação populacional, avaliação de atrativos e caracterização ovariana
Outro título Monitoring Anastrepha fraterculus (Wied. 1830) (Diptera: Tephritidae): population fluctuation, attractant assessment and ovarian characterization
Autor Reyes, Caroline Pinheiro
Orientador Jahnke, Simone Mundstock
Co-orientador Redaelli, Luiza Rodrigues
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Entomologia agricola
Goiaba
Mosca das frutas
Pêssego
Rio Grande do Sul
Resumo A mosca-das-frutas sul-americana, Anastrepha fraterculus (Wiedmann, 1830) (Diptera:Tephritidae), é a principal praga das frutíferas no Sul do Brasil. Este trabalho buscou caracterizar as populações de moscas-das-frutas capturadas em armadilhas, avaliando o número, a razão sexual e o estágio de maturação dos órgãos reprodutivos de fêmeas. Realizou-se o monitoramento em dois pomares, um de pessegueiro, com manejo convencional e um de goiabeira, sem manejo, durante uma safra, com dois diferentes atrativos alimentares, em diferentes fases das culturas. Foram utilizadas armadilhas do tipo McPhail com suco de uva a 25% e proteína hidrolisada a 5%. As armadilhas foram dispostas em diferentes faces do pomar. As fêmeas coletadas foram dissecadas, seus ovários medidos em largura e comprimento e foi determinado o grau de maturação sexual. Fêmeas mantidas em laboratório, com a idade controlada foram igualmente dissecadas para servirem de comparativo com as de campo. A espécie Anastrepha fraterculus foi a mais abundante em ambos os pomares. Foram capturadas no total, 1.753 moscas-das-frutas, sendo 1.519 no pomar de goiabeiras e 234 no de pessegueiros. A média total de captura de moscas nas armadilhas com suco foi significativamente maior do que nas com proteína hidrolisada (U = 24; gl = 1; P < 0,05) no pomar de pessegueiros. Por outro lado, no de goiabeiras, a captura com proteína foi significativamente maior do que com suco (U = 36,5; gl = 1; P < 0,05). A dissecação e medição de ovários foram ferramentas importantes para se avaliar idades fisiológicas. Foi possível detectar que fêmeas em desenvolvimento e maduras sexualmente, capturadas nas armadilhas, têm em média, ovários maiores que fêmeas da criação artificial (H = 15,2; gl = 2; P < 0,05, para fêmeas em desenvolvimento e H = 116,24; gl = 4; P < 0,05 fêmeas maduras). Tanto no pomar de pessegueiros quanto no de goiabeiras foi possível identificar, através da maturação ovariana, no mínimo duas gerações de insetos durante a frutificação.
Abstract The South American fruit fly, Anastrepha fraterculus (Wiedmann, 1830) (Diptera, Tephritidae), is the major pest of fruit trees in Southern Brazil. This work aimed to characterize the populations of fruit flies captured in traps, assessing the number, sex ratio and the maturation stage of reproductive organs of females. Monitoring was performed in two orchards, the first, peach trees with conventional management; the second, guava trees without management; during a crop with two different food baits in different phases of cultures. McPhail traps were used with grape juice at 25% and hydrolyzed protein at 5%. The traps were placed on different sides of the orchard. Collected females were dissected; their ovaries were measured in width and length, and the degree of sexual maturation was given. Females maintained in laboratory, with age controlled, were also dissected to serve as a comparison to field specimens. The species Anastrepha fraterculus was the most abundant in both orchards. It was captured a total of 1,753 fruit flies, with 1,519 in the orchard of guava trees and 234 in the orchard of peach trees. The total catch average of flies in traps baited with juice was significantly higher compared to the ones with hydrolyzed protein (U=24; gl=1; P<0.05) in the peach tree orchard. On the other hand, in the guava tree orchard, the capture with protein was significantly higher compared to the one with juice (U=36.5; gl=1; P<0.05). The dissection and measurement of ovaries were important tools to assess physiological age. It was possible to detect that developing and sexually mature females caught in the traps, have on average larger ovaries than females of artificial rearing (H=15.2; gl=2; P<0.05 for developing females and H=116.24; gl=4; P<0.05 for mature females). Both, in peach and guava orchards, it was possible to identify through the ovarian maturation, at least, two generations of insects during the fruiting.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/28652
Arquivos Descrição Formato
000771951.pdf (990.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.