Repositório Digital

A- A A+

Memória transacional em hardware para sistemas embarcados multiprocessados conectados por redes-em-chip

.

Memória transacional em hardware para sistemas embarcados multiprocessados conectados por redes-em-chip

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Memória transacional em hardware para sistemas embarcados multiprocessados conectados por redes-em-chip
Outro título Hardware transactional memory for noc-based multi-core embedded systems
Autor Kunz, Leonardo
Orientador Wagner, Flavio Rech
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação.
Assunto Microeletronica
Sistemas embarcados
SoC
[en] Embedded systems
[en] Hardware transactional memory
[en] Multiprocessor system-on-chip
[en] Network-on-chip
Resumo A Memória Transacional (TM) surgiu nos últimos anos como uma nova solução para sincronização em sistemas multiprocessados de memória compartilhada, permitindo explorar melhor o paralelismo das aplicações ao evitar limitações inerentes ao mecanismo de locks. Neste modelo, o programador define regiões de código que devem executar de forma atômica. O sistema tenta executá-las de forma concorrente, e, em caso de conflito nos acessos à memória, toma as medidas necessárias para preservar a atomicidade e isolamento das transações, na maioria das vezes abortando e reexecutando uma das transações. Um dos modelos mais aceitos de memória transacional em hardware é o LogTM, implementado neste trabalho em um MPSoC embarcado que utiliza uma NoC para interconexão. Os experimentos fazem uma comparação desta implementação com locks, levando-se em consideração performance e energia do sistema. Além disso, este trabalho mostra que o tempo que uma transação espera para reiniciar sua execução após ter abortado (chamado de backoff delay on abort) tem impactos significativos na performance e energia. Uma análise deste impacto é feita utilizando-se de três políticas de backoff. Um mecanismo baseado em um handshake entre transações, chamado Abort handshake, é proposto como solução para o problema. Os resultados dos experimentos são dependentes da aplicação e configuração do sistema e indicam ganhos da TM na maioria dos casos em relação ao mecanismo de locks. Houve redução de até 30% no tempo de execução e de até 32% na energia de aplicações de baixa demanda de sincronização. Em um segundo momento, é feita uma análise do backoff delay on abort na performance e energia de aplicações utilizando três políticas de backoff em comparação com o mecanismo Abort handshake. Os resultados mostram que o mecanismo proposto apresenta redução de até 20% no tempo de execução e de até 53% na energia comparado à melhor política de backoff dentre as analisadas. Para aplicações com alta demanda de sincronização, a TM mostra redução no tempo de execução de até 63% e redução de energia de até 71% em comparação com o mecanismo de locks.
Abstract Transactional Memory (TM) has emerged in the last years as a new solution for synchronization on shared memory multiprocessor systems, allowing a better exploration of the parallelism of the applications by avoiding inherent limitations of the lock mechanism. In this model, the programmer defines regions of code, called transactions, to execute atomically. The system tries to execute transactions concurrently, but in case of conflict on memory accesses, it takes the appropriate measures to preserve the atomicity and isolation, usually aborting and re-executing one of the transactions. One of the most accepted hardware transactional memory model is LogTM, implemented in this work in an embedded MPSoC that uses an NoC as interconnection mechanism. The experiments compare this implementation with locks, considering performance and energy. Furthermore, this work shows that the time a transaction waits to restart after abort (called backoff delay on abort) has significant impact on performance and energy. An analysis of this impact is done using three backoff policies. A novel mechanism based on handshake of transactions, called Abort handshake, is proposed as a solution to this issue. The results of the experiments depends on application and system configuration and show TM benefits in most cases in comparison to the locks mechanism, reaching reduction on the execution time up to 30% and reduction on the energy consumption up to 32% on low contention workloads. After that, an analysis of the backoff delay on abort on the performance and energy is presented, comparing to the Abort handshake mechanism. The proposed mechanism shows reduction of up to 20% on the execution time and up to 53% on the energy, when compared to the best backoff policy. For applications with a high degree of synchronization, TM shows reduction on the execution time up to 63% and energy savings up to 71% compared to locks.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/28739
Arquivos Descrição Formato
000771861.pdf (3.314Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.