Repositório Digital

A- A A+

Critérios para seleção de conexões em mobiliário orientado para adaptabilidade

.

Critérios para seleção de conexões em mobiliário orientado para adaptabilidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Critérios para seleção de conexões em mobiliário orientado para adaptabilidade
Autor Gondim, Cristina
Orientador Turkienicz, Benamy
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Design.
Assunto Análise multicritério
Design de produto
Mobiliário
[en] Adaptability
[en] AHP
[en] Connections
[en] Furniture
[en] Multi-criteria choice
Resumo Principais investimentos no Design para Adaptabilidade do mobiliário contemporâneo têm envolvido características como multiplicidade de funções, capacidade de atualização, personalização e compartilhamento de componentes. Tais características vêm permitindo a adaptação do mobiliário às rápidas transformações comportamentais e tecnológicas surgidas nos espaços domésticos e de trabalho. As conexões entre componentes do projeto do mobiliário são fortemente responsáveis por sua adaptabilidade tanto na fase criativa como na fase de uso. Esta dissertação parte da hipótese de que o processo de escolha das conexões, hoje pouco estruturado, pode ser feito a partir de métodos que não só estimulem a fase criativa do projeto como também contribuam para ampliar o desempenho adaptativo do mobiliário. Para avaliar diferentes tipos de conexão foram elaborados critérios para identificar o potencial compositivo de arranjos entre componentes (flexibilidade) relacionando-o à gama de funções emergentes (versatilidade). O resultado desta identificação foi testado por especialistas e validado através de ferramenta multicritério (Método Analítico Hierárquico). O teste com especialistas demonstrou que metodologias adotadas para seleção de conexões, quando estruturadas a partir de objetivos de projeto, podem aumentar o potencial de adaptabilidade e, ao mesmo tempo converterem-se em valioso apoio ao Design do mobiliário contemporâneo.
Abstract Manufacturers of contemporary furniture have made significant investments in the Design for Adaptability, particularly in the development of characteristics such as the multiplicity of functions, updating, customization and the share of components. These investments increased the potential of contemporary furniture to adapt to the observed transformations of behavior in domestic and working spaces. The adaptation has been made possible thanks to role played by the development of different types of connections between furniture components. This dissertation departs from the Idea that today’s processes involving the choice of connections are poorly structured and can be improved with a support decision’s methodology. This upgrade may well lead to the increment of creative attitudes during design process and to the development of higher levels of response to adaptability requests in furniture design. In order to evaluate and to select amidst the different types of connections a set of criteria were designed as to identify number of potential arrays of components (flexibility) and correlating this potential to the possible number of emergent functions (versatility). The result of this identification has been tested by specialists and then validated by a multicriteria method (AHP). The test with specialists confirmed that structured methodologies can be successfully used to improve the Design for Adaptability and, at the same time, constitute a valuable tool for the contemporary furniture’s Design.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/28781
Arquivos Descrição Formato
000772050.pdf (10.06Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.