Repositório Digital

A- A A+

Recusa, conformidade e libertação : considerações sobre o processo de adaptação de idosos em uma instituição de longa permanência para idosos

.

Recusa, conformidade e libertação : considerações sobre o processo de adaptação de idosos em uma instituição de longa permanência para idosos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Recusa, conformidade e libertação : considerações sobre o processo de adaptação de idosos em uma instituição de longa permanência para idosos
Autor Clos, Michelle Bertóglio
Orientador Doll, Johannes
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Idoso
[en] Adaptation
[en] Institution
[en] Old people
Resumo A presente dissertação visa refletir sobre o processo de adaptação de idosos em uma Instituição de Longa Permanência, no município de Porto Alegre. Como critério para seleção, foram escolhidos idosos com ingresso no período de abril de 2008 a abril de 2010. Esta dissertação representa uma viagem ao cotidiano das instituições e tem como objetivo refletir como se dá o processo de adaptação e quais os elementos emergem no cotidiano dos idosos participantes da pesquisa. Neste sentido, inicia-se o processo de análise sobre as escolhas realizadas no espaço institucional, as mudanças e as rupturas, as relações sociais e a família. Desse modo, chega-se a três dimensões do processo de adaptação: a recusa, que pode variar desde a recusa acintosa à recusa silenciosa; a conformidade, na qual o idoso passa o tempo no espaço institucional e a vida é um constante reproduzir-se; e a libertação, dimensão esta em que o idoso deixa no passado vínculos opressores e consegue encontrar liberdade e satisfação neste novo espaço de moradia.
Abstract The goal of the present paper is a reflection on the process of adaptation of older people to a long term nursing home in Porto Alegre, from May to July 2010. The selection of the participants was based on a group of older people who were admitted in the nursing home from April 2008 to April 2010. This paper represents a journey in the daily life of the institution and its objective is to analyze how the process of adaptation works and which elements are present in the daily life of the older people who participated in the research. Here begins a process of reflection on the choices made at institutional level, the changes and the break-ups, the social relations and the contact with the family, leading to three dimensions of the adaptation process: the refusal, which varies from total refusal to silent refusal; the compliance, where the older person spends the time within the institution and life is a constant self-reproduction, and the liberation, a dimension in which the older person leaves behind oppressive ties and reaches freedom and satisfaction in this new living environment.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/28800
Arquivos Descrição Formato
000769957.pdf (4.724Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.