Repositório Digital

A- A A+

A formação que temos e a que queremos : um olhar sobre os discursos

.

A formação que temos e a que queremos : um olhar sobre os discursos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A formação que temos e a que queremos : um olhar sobre os discursos
Outro título The education that we have and the one we want: a perspective on discourses
Outro título La formación que tenemos y la que queremos: una mirada sobre los discursos
Autor Bonetti, Oswaldo Peralta
Kruse, Maria Henriqueta Luce
Resumo O estudo procura aprofundar o conhecimento sobre as ações e políticas construídas para garantir a formação dos profissionais que trabalham nos serviços do Sistema Único de Saúde, considerando a relação direta e intrínseca entre a formação e a qualidade final do mesmo. Dividida em três eixos, aqui denominados de vozes, buscamos identificar, através dos discursos do controle social da área da saúde, da gestão do sistema e da formação, representada pelas escolas de enfermagem, quais são as críticas e proposições referentes ao tema da formação profissional para o SUS. O texto aborda os termos utilizados no contexto do ensino profissional, assim como a reflexão crítica sobre as novas tendências e paradigmas que estão em pauta nos debates e discussões atuais.
Abstract This research has the purpose of gaining more understanding about the actions and policies put in place in order to ensure the training of professionals that work in the services of the State Health Care System, considering the direct and intrinsic relation between the education and its final quality. Broken down into 3 perspectives, here labeled as voices, we have tried to identify, by means of the discourses on social control in the area of health, the system’s administration, and education represented by the schools of nursing, what are the criticisms and propositions concerning the theme of professional training for the State Health Care System. The text deals with the terms used in the context of professional training, as well as a critical reflection about the new tendencies and paradigms that are on the agenda in current debates and discussions.
Resumen El estudio busca profundizar el conocimiento sobre las acciones y políticas construidas para garantizar la formación de los profesionales que trabajan en los servicios del Sistema Único de Salud, considerando la relación directa e intrínseca entre su formación y su calidad final. Dividida en tres ejes, aquí denominados de voces, buscamos identificar, a través de los discursos del control social del área de la salud, de la gestión del sistema y de la formación, representada por las escuelas de enfermaje, cuales son las críticas y proposiciones referentes al tema de la formación profesional para el SUS. El texto aborda los términos utilizados en el contexto de la enseñanza profesional, así como una reflexión crítica sobre las nuevas tendencias y paradigmas que están en pauta en los debates y discusiones actuales.
Contido em Revista brasileira de enfermagem. Brasília. Vol. 57, n. 3 (maio/jun. 2004), p. 371-379
Assunto Educação em enfermagem
Educação superior
Políticas de saúde
[en] Health policies
[en] Nursing
[en] Nursing education
[en] Public health
[en] State health care system
[es] Educación en enfermaje
[es] Enfermaje
[es] Políticas de salud
[es] Salud pública
[es] Sistema único de salud
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/28844
Arquivos Descrição Formato
000564739.pdf (65.36Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.