Repositório Digital

A- A A+

Estimativa de qualidade de carvão por meio de perfilagem geofísica de gama natural e resistividade

.

Estimativa de qualidade de carvão por meio de perfilagem geofísica de gama natural e resistividade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estimativa de qualidade de carvão por meio de perfilagem geofísica de gama natural e resistividade
Outro título Coal quality estimation using the geophycal logging of natural gamma and resistivity
Autor Souza, Vládia Cristina Gonçalves de
Salvadoretti, Paulo
Costa, Joao Felipe Coimbra Leite
Beretta, Filipe Schmitz
Koppe, Jair Carlos
Bastiani, Gustavo Antônio
Carvalho Junior, José Adolfo de
Grigorieff, Alexandre
Resumo Esse estudo investiga a capacidade da técnica de perfi lagem geofísica para prever a qualidade do carvão. Nesse contexto, alguns parâmetros químicos do carvão foram determinados por meio de análise laboratorial e, posteriormente, eles foram comparados contra registros de perfi lagem geofísica (radiação gama natural e resistividade, especifi camente). Os resultados mostraram uma forte correlação entre a emissão de radiação gama natural das camadas de carvão e seu teor de cinzas. Isto permitiu estabelecer um modelo linear simples para estimar teores de cinzas, baseando-se nos dados de perfi lagem geofísica, com pequeno erro de estimativa (± 5% em média). Além disso, os resultados indicaram que não há correlação entre teor de enxofre ou voláteis e os registros geofísicos. Teores de cinza derivados de valores de gama natural podem ser usados, tal como uma informação secundária para avaliar qualidade de carvão durante a etapa de estimativa de recursos, quando são aplicados métodos geoestatísticos. A metodologia é ilustrada por meio de um estudo de caso em depósito de carvão, localizado na região sul do Brasil.
Abstract This study investigates geophysical logging as a tool to predict coal quality. Some of the coal’s chemical parameters were determined by laboratory analysis and were compared against values derived from geophysical logging correlation (natural gamma radiation and resistivity versus ash content, specifi cally). The results showed a strong correlation between the coal’s natural gamma emissions and their ash content. From this correlation, a simple linear model was obtained and used to estimate ash grades, directly from geophysical logging records. The error of these predictions is less than ± 5%. Additionally, results showed no correlation between the sulphur grade, or volatile matter, and the geophysical records. Ash grades derived from natural gamma ray values can be usedas secondary information to evaluate coal quality during resource estimation, when combined with lab analysis and appropriate geostatiscal methods. The methodology is illustrated by means of a case study at a coal deposit located in southern Brazil.
Contido em Rem: revista Escola de Minas, Ouro Preto, MG. Vol. 63, n. 4 (out./dez. 2010), p. 653-660
Assunto Carvão
Perfilagem geofísica aplicada
[en] Ashes
[en] Coal
[en] Geophysical logging
[en] Natural gamma ray
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/28870
Arquivos Descrição Formato
000762412.pdf (960.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.