Repositório Digital

A- A A+

Grupo de orientações aos familiares de pacientes adultos com seqüelas neurológicas : ausência nas reuniões

.

Grupo de orientações aos familiares de pacientes adultos com seqüelas neurológicas : ausência nas reuniões

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Grupo de orientações aos familiares de pacientes adultos com seqüelas neurológicas : ausência nas reuniões
Outro título Orientation group to relatives of adult patients with neurological sequelae : meeting absences
Autor Schroeter, Débora
Echer, Isabel Cristina
Graciotto, Ariane
Gomes, Caren Jaqueline
Resumo As doenças neurológicas podem afetar as pessoas causando seqüelas que, muitas vezes, necessitam de cuidados especiais no domicílio. A família é parte desse processo de cuidado e, por isso, o Grupo de Orientações aos Familiares de Pacientes Adultos com Seqüelas Neurológicas promove orientações individualizadas aos familiares, visando ao seu cuidado. Com o objetivo de conhecer quais dificuldades levam os familiares desses pacientes a não comparecerem às reuniões de orientação, desenvolveuse estudo qualitativo no qual foram entrevistados cinco familiares de pacientes internados e atendidos pelo grupo. A análise de conteúdo de suas falas revelou duas categorias: dificuldade em deixar o paciente sozinho e pouca disponibilidade para cuidar do paciente. Os resultados evidenciam a necessidade de desenvolver as ações do grupo prioritariamente à beira do leito, levando em consideração a não participação de familiares nas reuniões e a necessidade desses receberem orientações.
Abstract Neurological conditions may cause sequelae in patients, who often need special home care. Family is part of this care process and, for that reason, the Orientation Group to Relatives of Adult Patients with Neurological Sequelae provides individual guidance to relatives. A qualitative study was developed with the aim of finding which difficulties prevent patients’ relatives to attend orientation meetings. To do so, five relatives of hospitalized patients participating in the group were interviewed. Content analysis of their statements revealed two categories: leaving the patient alone and availability to look after the patient. Results showed the need to develop group activities, mainly at the bedside, considering relatives’ nonadherence to orientation meetings and their need to receive guidance.
Contido em Revista HCPA. Porto Alegre, RS. Vol. 28, n. 1 (2008), p. 21-25
Assunto Seqüelas neurológicas : Enfermagem domiciliar
[en] Family
[en] Health education
[en] Nursing
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/28906
Arquivos Descrição Formato
000652246.pdf (111.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.