Repositório Digital

A- A A+

Produção científica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul representada na Web of Science : 2000-2009

.

Produção científica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul representada na Web of Science : 2000-2009

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Produção científica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul representada na Web of Science : 2000-2009
Autor Brambilla, Sonia Domingues Santos
Orientador Stumpf, Ida Regina Chitto
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação.
Assunto Bibliometria
Comunicação científica
Produção científica
[en] Bibliometrics
[en] Scientific communication
[en] Scientific production
[en] Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Resumo Este trabalho utiliza indicadores bibliométricos para analisar os artigos publicados por autores vinculados a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), representados na base de dados multidisciplinar de citações Web of Science (WOS) do Institut for Scientific Information (ISI), no período 2000-2009. A justificativa para a investigação ser sobre a UFRGS baseia-se na inexistência de um estudo que exponha a atividade científica da instituição com visibilidade internacional. A série temporal de dez anos permite dotar os resultados de estabilidade e detectar possíveis mudanças na atividade científica da universidade. O objetivo principal é de analisar a produção da UFRGS, em termos dos artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais representados na Web of Science, utilizando medidas de atividade, de impacto e de co-autoria. A revisão teórica aborda, sob o olhar da Comunicação Científica, a ciência e universidade no Brasil, diversidades e diferenças entre as ciências, além dos aspectos da avaliação e dos indicadores da produção científica. Os artigos são classificados de acordo com a tabela da CAPES/CNPq em nove grandes áreas do conhecimento: Ciências Agrárias (CA), Ciências Biológicas (CB), Ciências Exatas e da Terra CET), Ciências Humanas CH), Ciências da Saúde (CS), Ciências Sociais Aplicadas (CSA), Engenharias (E), Letras, Linguística e Artes (LLA) e Multidisciplinar (M). Compõe a primeira amostra 9.250 artigos, que embasaram a análise geral da UFRGS em termos de atividade, impacto e co-autoria. Outras amostras foram formadas pelo desdobramento dos artigos em áreas, autores, periódicos e artigos citados. Os resultados mostram que a produção da UFRGS na base aumentou de 512 artigos em 2000 para 9.250 artigos em 2009. Em relação ao indicador de atividade, verifica-se que CET apresenta elevado índice no início do período, com ápice no ano de 2001, decaindo ao longo dos anos. CA apresenta o maior crescimento, tendendo positivamente ao longo dos anos. Engenharias (E) acompanham essa tendência, em patamares levemente inferiores. As demais áreas temáticas variam pouco em torno da média. As análises sobre a atividade comprovam que a maior parte da produção científica da UFRGS está registrada em inglês e em periódicos de impacto. O inglês aparece em 89% dos artigos produzidos e 99% dos artigos citados. A análise dos 59 periódicos onde os pesquisadores da UFRGS publicaram pelo menos 30 artigos mostra que 1.417 artigos (35%) estão depositados em periódicos nacionais e 2.581 (65%) em títulos estrangeiros. A dispersão dos periódicos mostra um núcleo forte de publicações preferenciais na maioria das áreas. Por meio das medidas de citação, verifica-se que sete artigos foram altamente citados, sendo três de CET, três de CS e um de M. Todos foram escritos no idioma inglês, em co-autoria com colaboração internacional e publicados em periódicos de alto impacto. Ciências Exatas e da Terra (CET) aparecem com o maior percentual de citações recebidas (33,19%), seguida pelas Ciências Biológicas (CB) e Ciências da Saúde (CS). Estas áreas indicam os núcleos de citações recebidas pelos artigos da UFRGS na WOS. Utilizando as medidas de co-autoria, foi possível inferir que 97,8% dos artigos são publicados por mais de um autor e 417 autores colaboraram para a produção de um único trabalho representado na base. A autoria única aparece em 204 artigos (2,2%). Está identificada a principal forma de co-autoria, com 2 a 10 autores trabalhando em colaboração na produção científica. CB apresenta o maior grau de colaboração, seguida por CET e CS. A forte tendência para a co-autoria nos trabalhos publicados pela UFRGS e representados na WOS permite comprovar que a produção científica da UFRGS, em todas as áreas, é feita, na maior parte, em colaboração.
Abstract This study uses bibliometric indicators to analyze the articles published by authors affiliated to the Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), indexed at multidisciplinary database of citations Web of Science (WOS) of the Institute for Scientific Information (ISI) in the period 2000 -2009. The justificative for research on UFRGS based on the absence of a study that exposes the scientific activity of the university. Span of ten years helped to provide stability and to detect possible changes in the scientific activity of the university with international visibility. The main objective is to analyze the production of UFRGS, in terms of published articles in national and international journals represented in the Web of Science, using measures of activity, impact and co-authorship. The literature review has addressed, under the scope of Scientific Communication, science and universities in Brazil, and diversity and differences between the sciences, beyond the aspects of evaluation and indicators of scientific output. The articles are classified according to the table of CAPES/CNPq in nine broad areas: Agrarian Sciences (CA), Life Sciences (CB), Exact and Earth Sciences (CET), Humanities (CH), Health Sciences (CS), Applied Social Sciences (CSA), Engineering (E), Languages, Linguistics & Arts (LLA) and Multidisciplinary (M). The first sample is composed of 9.250 articles that support the overall analysis of UFRGS in terms of activity, impact and co-authorship. Other samples were formed by splitting the articles in areas, authors, journals and cited articles. The results show that UFRGS database production increased from 512 articles in 2000 to 9.250 articles in 2009. As production indicator, it was found that CET has a high rate early in the period, with the peak in 2001, declining over the years. CA has the highest growth, tending positively over the years. Engineering (E) follows this trend, at slightly lower levels. The indicators for the other themes vary slightly around the average. Analyses of the activity show that most of the scientific production of UFRGS is recorded in english and in journals of impact. English appears in 89% of articles and in 99% of the cited articles. The analysis of 59 journals where UFRGS published up to 30 articles showed that 1.417 articles (35%) are published in national journals and 2.581 (65%) in foreign securities. The dispersion of the journals shows a strong core of preferred publications in all areas. By using measures of citation, it was found that highly cited articles are seven, three of CET, three of CS and one of M. All were written in English, co-authored with international collaboration and published in journals with high impact. Exact and Earth Sciences (CET) appear with the highest percentage of citations (33.19%), followed by Biological Sciences (CB) and Health Sciences (CS). These areas also indicate the nucle of citations of UFRGS articles. Using as reference co-authorship, it was possible to infer that 97.8% of the articles are published under collaboration and 417 authors have produced a single job. The single authorship appears in 204 articles (2.2%). It was identified the main form of co-authorship, with 2 to 10 authors working in collaboration in scientific production. CB shows the highest degree of collaboration, followed by CET and CS. The strong trend towards co-authorship in papers published by UFRGS and represented in the WOS has showed that the scientific production of UFRGS, in all areas, is done mostly in co-authorship.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/28922
Arquivos Descrição Formato
000774549.pdf (2.938Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.