Repositório Digital

A- A A+

A equipe de saúde e a segurança do binômio mãe-bebê no parto e nascimento

.

A equipe de saúde e a segurança do binômio mãe-bebê no parto e nascimento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A equipe de saúde e a segurança do binômio mãe-bebê no parto e nascimento
Outro título Los profesionales de la salud y la seguridad del binomio madre-hijo en el parto y nacimiento
Outro título Health team and safety of the mother-child binomial at labor and birth
Autor Dornfeld, Dinara
Orientador Pedro, Eva Néri Rubim
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Assistência ao paciente : Enfermagem
Humanização do parto
Parto humanizado
Pessoal de saúde
Saúde materno-infantil
[en] Attitude of health personnel
[en] Humanizing delivery
[en] Maternal and child health
[en] Patient care
[en] Safety
[es] Actitud del personal de salud
[es] Atención al paciente
[es] Parto humanizado
[es] Salud materno-infantil
[es] Seguridad
Resumo Trata-se de um estudo qualitativo, do tipo descritivo-exploratório, realizado em uma maternidade pública no município de Porto Alegre/RS, no período entre março e julho de 2010. Teve como objetivo observar e analisar a atuação da equipe de saúde a respeito da segurança do binômio mãe-bebê no parto e nascimento. Foram observadas 20 cenas de parto, sendo a equipe atuante composta por obstetra, residente em Obstetrícia, enfermeira, técnica de Enfermagem e pediatra. As informações coletadas por meio de observação do tipo naturalista foram submetidas à análise temática que evidenciou as seguintes categorias: apoio empático como estratégia de comunicação terapêutica; acolhimento e respeito ao acompanhante de escolha da paciente; contato pele a pele (CPP) implementado como rotina versus cuidado seguro e o ambiente, as necessidades da equipe e a adaptação do recém-nascido (RN) ao novo mundo. Os achados do estudo revelaram que a equipe se mostra, na maioria das vezes, empenhada em dar suporte à paciente por meio do apoio empático e da valorização do acompanhante, promovendo, dessa maneira, circunstâncias seguras de cuidado. Em relação ao CPP entre mãe e bebê e a disposição de um ambiente propício para a recepção do RN, foram identificadas atitudes que demonstram a conscientização dos profissionais sobre os benefícios dessas práticas, no entanto, ainda são necessários esforços para que elas se configurem em circunstâncias seguras de cuidado. Ao se considerar a atuação de cada categoria profissional, identificou-se que a Enfermeira exerce papel diferencial para a efetivação de uma assistência segura, visto que foi preponderante no apoio à mulher e na promoção do CPP. Considera-se ao final que, a partir de um novo olhar sobre a assistência ao parto e nascimento proposto por este estudo, se contribua com as reflexões de profissionais da saúde, da educação, gestores e outros agentes envolvidos na assistência materno-infantil. Além disso, espera-se que os achados desta pesquisa possam servir de subsídios para futuros estudos quantitativos relacionados à segurança da assistência ao processo de parto e nascimento, bem como para outros estudos qualitativos que abordem a percepção da mulher, do acompanhante e demais profissionais da saúde em relação ao tema.
Resumen Se trata de un estudio cualitativo, de tipo descriptivo-exploratorio, realizado en una maternidad pública en el municipio de Porto Alegre/RS, en el período entre marzo y julio del 2010. Tuvo como objetivo observar y analizar la actuación de los profesionales de la salud en relación a la seguridad del binomio madre-hijo durante el parto y el nacimiento. Fueron observados 20 procedimientos de parto, donde participaron los siguientes profesionales de la salud: obstetra, residente en Obstetricia, enfermera, técnica de Enfermería y pediatra. Las informaciones colectadas por medio de observación tipo naturalista fueron sometidas a análisis temático evidenciando las siguientes categorías: apoyo empático como estrategia de comunicación terapéutica; acogida y respeto al acompañante escogido por la paciente; contacto piel a piel implementado como rutina contra cuidado seguro y el ambiente, las necesidades del grupo de profesionales y la adaptación del recién nacido el nuevo mundo. Los resultados del estudio revelaron que los profesionales se muestran, en la mayoría de los casos, empeñados en dar soporte a la paciente por medio del apoyo empático y de la valorización del acompañante, promoviendo, de esta forma, circunstancias seguras de cuidado. En relación al contacto piel a piel entre madre e hijo y la disposición de un ambiente propicio para la recepción del recién nacido, fueron identificadas actitudes que demuestran la concientización de los profesionales sobre los beneficios de esas prácticas, sin embargo, todavía son necesarios esfuerzos para que ellas se configuren en circunstancias seguras de cuidado. Al considerarse la actuación de cada categoría profesional, se identificó que la Enfermera ejerce un papel diferencial para a efectuación de una asistencia segura, una vez que fue esencial para el apoyo a la mujer y para la promoción del contacto piel a piel. Se considera finalmente que, a partir de una nueva perspectiva sobre la asistencia al parto y al nacimiento propuesto en este estudio, se contribuya con las reflexiones de profesionales de la salud, de la educación, gestores y otros agentes involucrados en la asistencia materno-infantil. Además, se espera que los resultados de este estudio puedan servir de subsidio para futuros estudios cuantitativos relacionados a la seguridad de la asistencia al proceso de parto y nacimiento, así como también para otros estudios cualitativos que aborden la percepción de la mujer, del acompañante y demás profesionales de la salud en relación al tema.
Abstract This qualitative, descriptive and exploratory study aimed to observe and analyze the performance of the health team regarding the safety of the mother-child binomial at labor and birth. It was carried out in a public maternity hospital in the city of Porto Alegre, state of Rio Grande do Sul, Brazil, between March and July 2010. In total, 20 birth situations were observed. The performing team consisted of an obstetrician, a resident physician in obstetrics, nurse, nursing technician and pediatrician. Information collected through naturalistic observation was subject to thematic analysis that evidenced the following categories: empathic support as therapeutic communication strategy, welcoming and respect to companions chosen by patients, skin-to-skin contact implemented as routine versus safe care and environment, team’s needs and newborns’ adaptation to the new world. The findings of the study revealed that the team is, most times, engaged in providing support to patients through empathic support and valorization of companions, promoting, therefore, safe care circumstances. Concerning mother-baby skin-to-skin contact and the arrangement of an environment favorable to the reception of the newborn, professionals’ attitudes demonstrate acknowledgement of the benefits of these practices, however, efforts are needed for them to be configured as safe care circumstances. When considering the performance of each professional category, nurses were identified as performing an essential role for the accomplishment of safe care, as they were preponderant in supporting women and in promoting skin-to-skin contact. A new look regarding labor and birth care, proposed by this study, can contribute to reflections by health and education professionals, managers and other agents involved in maternal-infant care. Moreover, the findings from this research can support future quantitative studies related to care safety in labor and birth processes, as well as other qualitative studies that approach women’s, companions’ and health professionals perception regarding the theme.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/28967
Arquivos Descrição Formato
000774171.pdf (1.488Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.