Repositório Digital

A- A A+

O ensino do processo de enfermagem em uma universidade pública e hospital universitário do sul do Brasil na perspectiva de seus docentes e enfermeiros

.

O ensino do processo de enfermagem em uma universidade pública e hospital universitário do sul do Brasil na perspectiva de seus docentes e enfermeiros

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O ensino do processo de enfermagem em uma universidade pública e hospital universitário do sul do Brasil na perspectiva de seus docentes e enfermeiros
Autor Cossa, Raquel Maria Violeta
Orientador Almeida, Miriam de Abreu
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Educação em enfermagem
Enfermagem : Prática profissional
Processos de enfermagem
[en] Education
[en] Nursing
[en] Nursing education
[en] Nursing process
[en] Professional practice
[en] Terminology
[es] Educación en enfermeria
[es] Enfermeria
[es] Enseñanza
[es] Práctica profesional
[es] Proceso de enfermeria
[es] Terminologia
Resumo Trata-se de um estudo exploratório descritivo com abordagem qualitativa, cujo objetivo foi conhecer o desenvolvimento do ensino do Processo de Enfermagem (PE) em uma Universidade pública e Hospital Universitário do Sul do Brasil, na perspectiva de docentes e de enfermeiros. Os dados foram coletados durante o mês de maio de 2010, por meio da entrevista semi-estruturada, com oito participantes sendo, quatro docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e quatro enfermeiros Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). A escolha das participantes foi intencional e buscou abarcar profissionais com experiência nas diferentes gerações do PE. As informações coletadas foram analisadas de acordo com a técnica de análise de conteúdo do tipo temática, das quais emergiram três categorias denominadas Facilidades, Dificuldades e Estratégias de ensino do Processo de Enfermagem, cada uma delas com subcategorias. Na primeira categoria – Facilidades –, foi destacada a importância de o PE estar contemplado em atividades obrigatórias e não obrigatórias; possuir um Hospital Universitário com o PE implantado e informatizado, o que permite a vivência do discente em atividades práticas, desde o início da sua formação, bem como a facilidade do uso de recursos tecnológicos que melhoraram a efetividade do trabalho do enfermeiro, na assistência. Outro aspecto relevante consistiu na capacitação dos docentes e enfermeiros sobre o PE, o que contribui para o exercício da docência com qualidade. Na segunda categoria – Dificuldades –, as participantes da pesquisa expressaram falta de conhecimento, de motivação e descrença quanto ao uso do PE; revelaram ainda a falta de fundamentação teórica na sua aplicação, a descrença dos próprios docentes e discentes em relação a essa metodologia, o preparo insuficiente durante o Curso de Graduação em Enfermagem, a falta de interesse do futuro enfermeiro em desenvolver-se profissionalmente, o registro inadequado de algumas etapas do PE, como a ausência do diagnóstico de enfermagem, a dissociação entre a teoria e a prática clínica encontrada em outros campos de prática que não utilizam o PE, e a resistência dos enfermeiros em adotar essa metodologia. Na última categoria – Estratégias de ensino do PE –, foram destacados o Estudo de caso e o Ambiente virtual de aprendizagem, por favorecerem o desenvolvimento do pensamento crítico e do processo diagnóstico do aluno, estimulando a construção de conhecimentos. Estes resultados podem colaborar para que docentes de outras Instituições de ensino de Graduação em Enfermagem reflitam sobre as suas práticas pedagógicas, com o intuito de melhorar o ensino do PE na teoria e na prática clínica, bem como trazer contribuições para o desenvolvimento da realidade moçambicana.
Resumen Se trata de un estudio exploratorio descriptivo, cualitativo, cuyo objetivo fue conocer el desarrollo educativo del Proceso de Enfermeria (PE) en una Universidad pública y Hospital Universitario del Sur de Brasil, en la perspectiva de docentes y enfermeros. Los datos fueron obtenidos durante el mes de mayo de 2010 por medio de una entrevista semi-estructurada, con ocho participantes, cuatro docentes de la Universidad Federal de Rio Grande do Sul (UFRGS) y cuatro enfermeros del Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Entre los participantes se inlcuyeron profesionales con experiencia de diferentes generaciones del PE. La información obtenida fue analizada según la técnica de análisis de contenido, de tipo temática, obteniendo así tres categorías denominadas: Facilidades, Dificultades y Estratégias de enseñanza del Proceso de Enfermería, siendo cada una de ellas dividida en subcategorías. En la primer categoría, Facilidad, fue destacada la importancia del PE estar vinculado a actividades obligatorias y no obligatorias; de poseer un Hospital Universitario con PE implantado e informatizado, lo que permite la vivencia del discente en actividades prácticas desde el início de su formación, bien como la facilidad del uso de recursos tecnológicos que mejoran la efectividad del trabajo del enfermero en la asistencia. Otro aspecto relevante consiste en la capacitación de los docentes y enfermeros sobre el PE, lo que contribuye para el ejercício de la docencia con calidad. En la segunda categoria, Dificultad, los participantes expresaron falta de conocimiento, de motivación e incredulidad con respecto al uso del PE; también fueron destacados la falta de fundamentación teórica en su aplicación, la incredulidad de los propios docentes y discentes en relación a esta metodología, el preparo insuficiente durante el Curso de Graduación en Enfermeria, la falta de interés del futuro enfermero en desarrollarse profesionalmente, el registro inadecuado de algunas etapas del PE, la ausencia de diagnóstico de enfermería, la disociación entre la teoría y la práctica clínica encontrada en otros campos de práctica que no utilizan el PE y la resistencia de los enfermeros en adoptar esta metodología. En la última categoría, Estratégias de enseñanza del PE, fueron destacados: el Estudio de caso y el Ambiente virtual de aprendizaje; ambos se vinculan al desarrollo del pensamiento crítico y al proceso de diagnóstico del alumno, estimulando la construcción del conocimiento. Estos resultados pueden contribuir para que docentes de otras instituciones de Cursos de Graduación en Enfermeria evalúen sus prácticas pedagógicas con el objetivo de mejorar la enseñanza del PE en la teoría y en la práctica clínica, a fin de contribuir con el desarrollo de Mozambique.
Abstract This is an exploratory study with a qualitative approach, whose goal was to develop the teaching of Nursing Process (NP) in a public University Hospital and University of Southern Brazil, from the perspective of teachers and nurses. Data were collected during May 2010 through the semi-structured interview with eight participants, four professors of the Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – a local federal university–, and four nurses of the Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). The participants’ choice was intentional and aimed to cover professionals with experience in the different NP generations. The information collected was analyzed according to the content analysis technique of the thematic type, from which emerged three categories named Facilities, Difficulties and Strategies of Teaching Nursing Process, each one with subcategories. In the first category (Facilities) was highlighted the importance of NP being included in obligatory and non obligatory activities; to possess a University Hospital with NP implemented and computerized, allowing the experience of students in practical activities since the beginning of their training and the facility of use of technological resources that have improved the effectiveness of nursing work in care. Another relevant aspect is the qualification of professors and nurses about the NP, which contributes to the exercise of teaching with quality. In the second category (Difficulties), the participants expressed lack of knowledge, motivation and disbelief about the use of the NP; they either detected the lack of theoretical basis in their application, the disbelief of their own professors and students in relation to this methodology, the insufficient preparation during the Undergraduate Nursing Course, the lack of interest from future nurses to develop themselves professionally, and also the inadequate recording of some stages of NP, such as lack of nursing diagnosis, the decoupling between theory and clinical practice found in other fields of practice that do not use the NP, and the resistance of nurses to adopt this methodology. In the last category (Strategies for teaching NP), were detached Case Study and Virtual Learning Environment by fostering the development of critical thinking and the diagnostic process of the student, encouraging knowledge construction. These results can contribute to professors of others Institutions of Undergraduate Nursing to reflect on their teaching practices, in order to improve the teaching of NP in theory and clinical practice, as well as make contributions to the development of Mozambican reality.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/28968
Arquivos Descrição Formato
000774186.pdf (1.606Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.