Repositório Digital

A- A A+

O afeto como um processo de desenvolvimento ecológico

.

O afeto como um processo de desenvolvimento ecológico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O afeto como um processo de desenvolvimento ecológico
Autor Dei Schirò, Eva Diniz Bensaja
Koller, Silvia Helena
Resumo O presente artigo descreve a importância do afeto como um dos elementos essenciais para o desenvolvimento humano e, por isso, considerado como intrínseco à Abordagem Bioecológica do Desenvolvimento Humano, formulada por Bronfenbrenner. O afeto traduz-se pela capacidade do ser humano estabelecer relações, nas quais se criam vínculos e, por esse motivo, poderá ser descrito como um processo do desenvolvimento ecológico. Assim, neste artigo, a presença do afeto nas relações foi proposta como um elemento imprescindível na efetividade dos processos proximais. Além disso, o afeto foi descrito como um dos fatores que asseguram a continuidade do processo desenvolvimental ao longo das várias fases que compõem o ciclo de vida e poderá ser considerado como o principal componente de superação da mudança, ao longo do desenvolvimento. O afeto, como elemento de desenvolvimento, resulta da interação do indivíduo com o meio em que está inserido. Nessa perspectiva, foi um elemento considerado transversal aos vários sistemas da Abordagem Bioecológica: microssistema, mesossistema, exossistema e macrossistema, nos quais se discutiu a importância do afeto em cada um desses níveis. Por fim, destacou-se a necessidade de estabelecerem-se relações afetivas ao longo do tempo, para que possam ser fortalecidas as capacidades de adaptação às diversas exigências, dificuldades do desenvolvimento humano e, assim, o afeto constitui-se como um elemento que assegura estabilidade e segurança no decorrer desse processo.
Abstract The present paper describes emotional development as one of the most important aspect that increases and guides human development. It could be considered as an important “layer” of the development, as it is referred by the bioecological systems theory, proposed by Bronfenbrenner. The abilities to establish relationships depend on emotional aspects, and might be seen as an ecological developmental process. The presence of emotional aspects in relationships was seemed as an essential element that effectively ensures proximal process, in which attachments arises. Besides, emotions were described as important resources employed to lead changes that happens during one’s life. As a constituent of human development, emotional development derives from individual interactions with immediate environment by which one is surrounded. In this perspective, it was regarded as an element to the various contexts or systems stressed by Ecological Theory, including the microsystem, mesosystem, exosystem, and macrosystem. Finally, it was emphasised the need to establish emotional relationships over time to strengthen one’s abilities to adapt through the life circle. Thus, emotional development constitutes as an element to ensure the stability and safety in this process.
Contido em Educar em revista. Curitiba. N. 36 (jan./abr. 2010), p. 65-76.
Assunto Afeto
Desenvolvimento humano
Psicologia ambiental
[en] Affection
[en] Bioecological systems theory
[en] Change
[en] Proximal process
[en] Stability
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/28987
Arquivos Descrição Formato
000748415.pdf (376.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.