Repositório Digital

A- A A+

Translation and cross-cultural adaptation into Brazilian Portuguese of the Measure of Parental Style (MOPS) - a self-reported scale - according to the International Society for Pharmacoeconomics and Outcomes Research (ISPOR) recommendations

.

Translation and cross-cultural adaptation into Brazilian Portuguese of the Measure of Parental Style (MOPS) - a self-reported scale - according to the International Society for Pharmacoeconomics and Outcomes Research (ISPOR) recommendations

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Translation and cross-cultural adaptation into Brazilian Portuguese of the Measure of Parental Style (MOPS) - a self-reported scale - according to the International Society for Pharmacoeconomics and Outcomes Research (ISPOR) recommendations
Outro título Tradução e adaptação transcultural para o português brasileiro do instrumento autoaplicável Measure of Parental Style (MOPS) utilizando as recomendações da International Society for Pharmacoeconomics and Outcomes Research (ISPOR)
Autor Baeza, Fernanda Lucia Capitanio
Caldieraro, Marco Antonio Knob
Pinheiro, Diesa Oliveira
Fleck, Marcelo Pio de Almeida
Resumo Objetivo: Descrever a metodologia de tradução e adaptação do Measure of Parental Style, instrumento autoaplicável desenvolvido originalmente em inglês, segundo as recomendações da International Society for Pharmacoeconomics and Outcomes Research, analisando-a criticamente em relação a outras metodologias utilizadas para o mesmo fim. Método: Foram utilizadas as diretrizes do Translation and Cultural Adaptation group, vinculado à International Society for Pharmacoeconomics and Outcomes Research, seguindo os passos: preparação; primeira tradução; reconciliação; retrotradução; revisão da retrotradução; harmonização; estudo piloto; revisão dos resultados do estudo piloto; revisão sintática e ortográfica; relato final. Conclusão: Uma tradução e adaptação transcultural criteriosa e de qualidade contribui para que o instrumento possa medir o que se propõe em diversas culturas. Apresentar este processo, assim como seu produto final, possibilita a utilização desta experiência na adaptação de outros instrumentos.
Abstract Objective: To describe the translation and adaptation methodology for the Measure of Parental Style, a self-report instrument developed originally in English, following the International Society for Pharmacoeconomics and Outcomes Research guidelines, comparing this to other methodologies used for the same purposes. Method: Translation and Cultural Adaptation group International Society for Pharmacoeconomics and Outcomes Research guidelines were followed (preparation, first forward translation, reconciliation, back translation, revision of back translation, harmonization, cognitive debriefing, revision of debriefing results, syntax and orthographic revision, final report). Conclusion: A careful and qualified cross-cultural translation and adaptation of an instrument contribute for measuring what it is designed to measure across cultures. Presenting this process, besides its final product, provides the opportunity that this experience could be replicated for adaptation of other instruments.
Contido em Revista brasileira de psiquiatria = Brazilian journal of psychiatry. São Paulo. Vol. 32, n. 2 (jun. 2010), p. 159-163
Assunto Adaptação
Comparação transcultural
Metodologia
Tradução (processo)
[en] Adaptation
[en] Cross-cultural comparison
[en] Guidelines as topic
[en] Methodology
[en] Translating
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/29021
Arquivos Descrição Formato
000761247.pdf (1.536Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.