Repositório Digital

A- A A+

Análise configuracional da forma urbana e sua estrutura cognitiva

.

Análise configuracional da forma urbana e sua estrutura cognitiva

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise configuracional da forma urbana e sua estrutura cognitiva
Autor Faria, Ana Paula Neto de
Orientador Krafta, Rômulo Celso
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional.
Assunto Aspectos ambientais
Cognição urbana
Configuração urbana
Estrutura urbana
Modelos matemáticos
Simulação
[en] Configuracional analysis
[en] Environmental cognition
[en] Public image
Resumo O presente trabalho investiga as características configuracionais que o sistema urbano adquire ao ser mentalmente organizado pelos indivíduos. A estrutura de conhecimento amplamente compartilhada, definida na literatura como "imagem pública", é abordada enquanto parte integrante e indissociável do sistema urbano. A temática é tratada dentro de uma abordagem sistêmica, com o auxílio de modelagem computacional e métodos de análise de redes. Os modelos de simulação foram capazes de replicar muitos dos entendimentos constantes dos trabalhos da área cognitiva, validado, deste modo, a metodologia empregada. A análise das características configuracionais do sistema urbano, composto por seus espaços físicos penetráveis e as informações cognitivamente estruturadas, apontou diversas propriedades estruturais como importantes para o entendimento do funcionamento da cognição ambiental e do papel desempenhado pelos diversos tipos de informações ambientais. Muitos dos resultados obtidos se mostraram comuns entre as cidades analisadas, sugerindo a universalidade de algumas características configuracionais e uma possível influência de aspectos funcionais da cognição ambiental. Foi possível também descrever o papel desempenhado pela configuração morfológica do espaço urbano nas características qualitativas do sistema urbano cognitivamente estruturado.
Abstract This study investigates the configuracional properties acquired by urban systems when mentally organized by individuals. The widely shared knowledge structures, described in literature as "public image", are addressed as an integral and inseparable part of the urban system. The subject is treated within a systemic framework, uses computer modeling and network analysis methods. Simulation models were capable of replicating many of the understandings from environmental cognition studies, thus, validating the employed methodology. The analysis of the configuracional characteristics present in the urban system, defined by public spaces and cognitively structured information, pointed several structural properties as important for the understanding of environmental cognition and the role played by the different types of environmental information. Many of the obtained results were common to all cities examined, suggesting the universality of some configuracional properties and a possible influence of the functional aspects of environmental cognition. It was also possible to describe the role played by the morphological configuration of urban space in the qualitative differentiation of the cognitively structured urban system.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/29133
Arquivos Descrição Formato
000772715.pdf (10.25Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.