Repositório Digital

A- A A+

Resistência a antimicrobianos em enterococos isolados de amostras de fezes de suínos

.

Resistência a antimicrobianos em enterococos isolados de amostras de fezes de suínos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Resistência a antimicrobianos em enterococos isolados de amostras de fezes de suínos
Outro título Antimicrobial resistance analysis among enterococci isolated from pig feces
Autor Corrêa, Adriana de Abreu
Fuentefria, Daiane Bopp
Corção, Gertrudes
Resumo Nos últimos anos, os enterococos têm sido considerados importantes patógenos nosocomiais associados a infecções de difÍcil tratamento, devido a multiresistência a antimicrobianos. Freqüentes ocorrências de enterococos multiresistentes têm sido reportadas em amostras de origem animal, as quais atuariam como reservatórios destas linhagens e contribuiriam para disseminação desta resistência através da cadeia alimentar. O presente estudo teve como objetivo comparar a resistência a 11 antimicrobianos em 85 isolados de Enterococcus provenientes de fezes de suínos arraçoados e em 88 isolados provenientes de suínos não arraçoados. No primeiro grupo foram isolados E. faecalis (21), E. faecium (18), E. hirae (9), E. durans (30) e E. mundtii (7) e no segundo grupo, E. faecalis (27), E. faecium (17), E. durans (1) e E. mundtii (43). Entre os Enterococcus spp. isolados de amostras de fezes de suínos arraçoados, foI observada uma maior porcentagem de cepas resistentes e a multiresistência entre estes isolados foi de 3 a 6 antimicrobianos, enquanto que entre os não arraçoados foi de 3 a 4 antimicrobianos. As diferenças na predominância de espécies e perfil de resistência entre as diferentes amostras pode estar relacionado à dieta alimentar dos animais.
Abstract In the last years, enterococci have been considered as important nosocomial pathogens, associated with infections difficult to treat due to their resistance to several antimicrobials. Frequent occurrences of multiresistant enterococci have been reported among animal origin samples, which could act as reservoir of these resistant strains and contribute to the spread of antibiotic resistance through the food chain. The aim of the present study was to compare the antimicrobial resistance against 11 antibiotics on 85 isolates of Enterococcus isolated from pig feces, fed with suplemented feed, and on 88 isolates from pig feces, fed with nonsuplemented feed. In the first group, isolates of E. faecalis (21), E. faecium (18), E. hirae (9), E. durans (30) and E. mundtii (7) were isolated and in the second group, E. faecalis (27), E. faecium (17), E. durans (1) and E. mundtii (43) were found. Among the Enterococcus spp. isolated from the suplemented feed pig, higher percentages of resistance were observed and multiple resistance was between three and six antibiotics, while among the nonsuplemented pigs, it was between three and four antibiotics. The differences on the species predominance and antibiotic resistance pattern among the samples can be related to the animal diet.
Contido em Acta scientiae veterinariae. Porto Alegre, RS. Vol. 33, n. 2 (2005), p. 155-159
Assunto Antimicrobianos
Cadeia alimentar
Enterococcus
[en] Antimicrobials
[en] Enterococcus
[en] Food chain
[en] Multiple resistance
[en] Resistance
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/29179
Arquivos Descrição Formato
000531681.pdf (130.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.