Repositório Digital

A- A A+

Avaliação processual no ensino de língua inglesa : estudo da prática avaliativa em uma escola de inglês

.

Avaliação processual no ensino de língua inglesa : estudo da prática avaliativa em uma escola de inglês

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação processual no ensino de língua inglesa : estudo da prática avaliativa em uma escola de inglês
Autor Rocha, Roberta Franco Netto de Borba
Orientador Schlatter, Margarete
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Letras: Licenciatura.
Assunto Avaliação contínua
Ensino de língua estrangeira (inglês)
Instrumentos de avaliação
Resumo O presente trabalho tem como objetivo analisar o que é feito com os instrumentos formais de avaliação usados na prática de uma professora em uma escola de inglês cuja proposta avaliativa é contínua, de modo a investigar se e como a avaliação é utilizada como diagnóstico no processo de ensino-aprendizagem nesse contexto escolar. Para isso, foram observadas aulas ministradas por essa professora em uma turma de adolescentes. Tal observação teve como foco as situações em que os alunos eram avaliados formalmente. Foram registrados, em diário de campo, como eram desenvolvidas as atividades, as ações da professora e as reações dos alunos. Além disso, foram examinadas as tarefas de avaliação, os testes e os boletins de cada aluno. Os resultados da análise revelam que a professora faz uso de muitos instrumentos de avaliação, como é de se esperar quando se tem uma avaliação contínua, e seus resultados são usados como diagnóstico para decidir se o aluno precisa de aulas de reforço e outras oportunidades de prática. No entanto, os resultados das avaliações não são sempre devolvidos e são pouco discutidos com os alunos. As tarefas avaliativas elaboradas são válidas pois propiciam o uso da língua em situações que simulam situações reais, conforme a proposta pedagógica da escola, e refletem o que foi feito em sala de aula. Contudo, a adequação dos critérios de avaliação para cada tarefa é raramente explicitada. Sugere-se que, para que os instrumentos formais de avaliação da escola possam aperfeiçoar sua função diagnóstica, os descritores sejam melhor esclarecidos para professor e aluno, e que os resultados sejam devolvidos e discutidos, para que o educando possa ter um maior entendimento do processo de aprendizagem pelo qual está passando.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/29238
Arquivos Descrição Formato
000776211.pdf (978.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.