Repositório Digital

A- A A+

Performances dos bebês : corpo, objeto, descoberta e conhecimento

.

Performances dos bebês : corpo, objeto, descoberta e conhecimento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Performances dos bebês : corpo, objeto, descoberta e conhecimento
Autor Velazquez, Patrícia Fabiana Moreno
Orientador Santos, Vera Lucia Bertoni dos
Data 2010
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Especialização em Pedagogia da Arte.
Assunto Bebê
Corporeidade
Ludicidade
[es] Bebé
[es] Cuerpo
[es] Desarrollo
[es] Expresión
[es] Lúdico
Resumo Com o objetivo principal de estudar e investigar as possibilidades interativas dos bebês, tendo em vista as suas diferentes formas e “performances” de descobrir os objetos do mundo ao seu redor através da exploração, da ludicidade e da corporeidade dos bebês, a pesquisadora buscou conhecer e identificar etapas do desenvolvimento de bebês, por meio das experiências, intervenções sócio-afetivas, proposições de atividades e situações frente à gama de estímulos possíveis que tocam a sua sensibilidade. Os sujeitos da pesquisa foram oito bebês em idades entre seis a dezesseis meses, pertencentes a uma tradicional Escola Privada de Porto Alegre, que atende crianças a partir dos quatro meses de idade, até o Ensino Médio. Pensando num método que contemplasse a observação, o entendimento e a reflexão envolvendo bebês, a pesquisa desenvolve-se numa abordagem qualitativa. Narrada em forma de dissertação e episódios, selecionados de modo a contemplar alguns dos dados coletados. Para a coleta utilizou-se o método de observação, registro e apontamentos, no qual são descritas as condições de desenvolvimento dos bebês de uma turma de berçário I. Com a pesquisa teórica e através das observações junto aos bebês, a pesquisadora e profissional da Educação Infantil observou que o desenvolvimento cognitivo, físico e sócio-afetivo acontecem na interação do bebê consigo mesmo, na relação que ele estabelece com os objetos do meio exterior, com seus coetâneos, na mediação afetiva e pedagógica com o adulto responsável, por intermédio da exploração, da descoberta e de brincadeiras que estabelece com todas essas relações e brinquedos. As relações que se estabelecem ao brincar propõem a criança um mundo do tamanho da sua compreensão, sendo este, mediador de equilíbrio do princípio do prazer versus realidade, controlador de angústias possibilitando-a relacionar-se e interagir com o seu eu e com o meio.
Resumen Con el objetivo de estudiar e investigar las posibilidades interactivas de los bebés, teniendo en cuenta sus diferentes formas y "performances" de descubrir los objetos del mundo que les rodea a través de la exploración, el juego y la corporeidad de los bebés, el investigador tuvo como objetivo conocer e identificar las etapas del desarrollo de los bebés, través de las experiencias, las intervenciones socio-afectivas y propuestas de actividades y las situaciones que en enfrente la gama de estímulos posible que toque su sensibilidad. Los sujetos del estudio fueron ocho bebés de entre seis y dieciséis meses, pertenecientes a una Escuela tradicional Privada en Porto Alegre, que atiende a niños desde los cuatro meses de edad hasta la escuela secundaria. Pensando en un método que se refiere a la observación, la comprensión y reflexión de los bebés, la investigación se desarrolla en un enfoque cualitativo. Narrada en forma de tesis y los episodios, seleccionados para incluir algunos de los datos recogidos. Para la recogida se utilizó el método de observación, registro y notas, que describe las condiciones para el desarrollo de los bebés en una clase de niños pequeños. Con la investigación teórica y a través de observaciones con los bebés, investigador y profesional de Educación Infantil observó que el desarrollo cognitivo, físico y socio-afectivo se producen en la interacción del propio bebé, en la relación que establece con los objetos del medio externo, con sus compañeros, en la mediación afectiva y la enseñanza con un adulto responsable, través de la exploración, descubrimiento y el establecimiento de jugar con todas estas relaciones y los juguetes. Las relaciones que propone el juego al niño un mundo del tamaño de su comprensión, y esto, es mediador de equilibrio del principio del placer frente a la realidad, controlador de angustia, lo que les permite relacionarse e interactuar con su auto y con el medio ambiente.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/29272
Arquivos Descrição Formato
000776677.pdf (661.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.