Repositório Digital

A- A A+

Aspectos relacionados aos efeitos da desigualdade de renda na saúde : mecanismos contextuais

.

Aspectos relacionados aos efeitos da desigualdade de renda na saúde : mecanismos contextuais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aspectos relacionados aos efeitos da desigualdade de renda na saúde : mecanismos contextuais
Outro título Issues regarding the effects on health of income inequality : contextual mechanisms
Autor Celeste, Roger Keller
Nadanovsky, Paulo
Resumo O Brasil é um dos países mais desiguais em distribuição de renda e a influência desse fator na saúde das pessoas é controversa. Este artigo revisou a metodologia para estudos contextuais e mecanismos de ação que podem explicar o efeito contextual da desigualdade de renda na saúde. O estudo de efeitos contextuais necessita de teorias multiníveis bem formuladas que identifiquem o papel de cada variável no modelo, e o nível de agregação ideal das variáveis contextuais. Foram identificadas quatro explicações: (1) artefato estatístico; (2) comparação social;(3) subinvestimento público; (4) capital social. A contribuição relativa de cada um desses mecanismos não está ainda bem avaliada. Concluímos que a existência de diferentes mecanismos de ação pode explicar parte da heterogeneidade dos resultados. Outra explicação é que a desigualdade de renda pode captar outros construtos, como estratificação social ou políticas públicas e, em alguns casos, pode não ser um bom marcador de tais construtos. Estudos com maior poder de estabelecimento de relação causal são necessários. Uma possibilidade é a avaliação do impacto de políticas de intervenção direcionadas para redistribuição de renda.
Abstract Brazil is one of the most unequal countries in income distribution. The influence of this factor on people’s health is controversial. This article reviews the contextual effects and possible pathways linking income inequality to health. Contextual effect studies need well-developed multilevel theories, identifying the roles of variables in the explaining model, especially the role of individual level variables and the level of aggregation of contextual variables. Four explanations for the relationship between income inequality and health were identified: (1) statistical artifact; (2) social comparison; (3) underinvestment in social police; (4) social capital. The relative contribution of each of these mechanisms has not been well evaluated yet. We concluded that part of the heterogeneity found in the studies results may be explained by different pathways. Alternatively, income inequality may be a proxy for social stratification and less investment in public policies, but the Gini coefficient may be an unsuitable marker for such constructs in certain circumstances. More powerful designs to ascertain cause relationship should be applied. One possibility is to study the effect of intervention policies aimed at income redistribution.
Contido em Ciência & saúde coletiva. Rio de Janeiro. Vol. 15, n. 5 (ago. 2010), p. 2507-2519
Assunto Odontologia social
[en] Contextual effects
[en] Income
[en] Inequality
[en] Multilevel
[en] Pathways
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/29381
Arquivos Descrição Formato
000756179.pdf (90.62Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.