Repositório Digital

A- A A+

Dimensões do objeto de trabalho em um centro de atenção psicossocial

.

Dimensões do objeto de trabalho em um centro de atenção psicossocial

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dimensões do objeto de trabalho em um centro de atenção psicossocial
Outro título Dimensions of the scope of work in a psychosocial care center
Autor Wetzel, Christine
Kantorski, Luciane Prado
Olschowsky, Agnes
Schneider, Jacó Fernando
Camatta, Marcio Wagner
Resumo Este artigo apresenta resultados parciais de uma pesquisa avaliativa desenvolvida em um Centro de Atenção Psicossocial em Pelotas (RS) no ano de 2005. O estudo, de abordagem qualitativa, utiliza o referencial teórico-metodológico da Avaliação de Quarta Geração. A coleta de dados contém observação e entrevistas com usuários, familiares e profissionais do serviço. A análise se baseou no Método Comparativo Constante, possibilitando a delimitação de núcleos temáticos. Um deles se refere às dimensões do objeto de trabalho, desdobrando-se em questões relacionadas à integralidade; aos velhos e novos crônicos; aos atendimentos às crises e à inserção da família. Da avaliação, a partir da inclusão de grupos diretamente envolvidos com o cotidiano do serviço, emergiram questões relevantes em um contexto de mudança no modelo de atenção em saúde mental.
Abstract This article presents partial results of evaluative research conducted in 2005 at a Psychosocial Care Center in Pelotas, in the Southern Brazilian State of Rio Grande do Sul. The study adopts a qualitative approach and utilizes the theoretical and methodological referential of the Fourth Generation Evaluation. The data collected contains observation and interviews with users, family members and professionals of the care center. The analysis was based on the Constant Comparative Method that made the definition of the thematic nuclei possible. One of them refers to the dimensions of the scope of work broken down into issues related to integrality, to old and new chronicities, to dealing with crises and to family involvement. Considering the inclusion of groups directly involved with the daily routine services, relevant issues have emerged from the evaluation in a context of change in the model of mental healthcare.
Contido em Ciência & saúde coletiva. Rio de Janeiro, RJ. Vol. 16, n. 4 (2011), p. 2133-2143
Assunto Avaliação de serviços de saúde
Centro de atenção psicossocial
Saúde mental
Serviços de saúde mental
[en] Evaluation of healthcare services
[en] Mental health
[en] Mental healthcare services
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/29501
Arquivos Descrição Formato
000775815.pdf (60.45Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.