Repositório Digital

A- A A+

Potência mental no ar... : exercícios de esquizo-radiofonia

.

Potência mental no ar... : exercícios de esquizo-radiofonia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Potência mental no ar... : exercícios de esquizo-radiofonia
Outro título Potência mental on air schizo-radio exercises
Autor Streppel, Fernanda Fontana
Orientador Palombini, Analice de Lima
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Amizade
Extensão universitária
Rádio (Comunicação)
Saúde mental
[en] Friendship
[en] Mental health
[en] Radio
[en] University extension
Resumo A pesquisa teve como ponto de partida a experiência do Coletivo de Rádio Potência Mental, iniciativa de produção de rádio por quem chamamos de “diagnosticados”, pessoas com diagnóstico psiquiátrico, e acadêmicos de psicologia e comunicação, diagnosticados ou não. Composta por dois blocos, a dissertação, agenciada com e pelo Coletivo, começa se debruçando sobre o caos que o habita; o embate discursivo levado a cabo por acadêmicos e diagnosticados no intento de produzir diferença; e o devir-loucura que dessa conjuntura emerge, como efeito desse mesmo coletivo que faz de si sujeito, objeto e método da pesquisa e permite dissolver as identidades de louco, diagnosticado e acadêmico. Passando pela ambientação das Rádios Colifatas de onde o Potência Mental advém como singularidade, pergunta-se “o que pode uma Rádio?”, examinando, a partir especialmente de Deleuze e Foucault, suas condições de despontar como acontecimento discursivo. No segundo bloco, a pesquisa se detém em examinar as maneiras pelas quais o Coletivo atualiza o embate discursivo em uma coexistência que nem por isso se furta à intervenção do outro. Assim, o Coletivo permite, pela via da afetação recíproca, tensionar a academia com a qual se relaciona como extensão universitária, sob a expressão da ética da amizade, instaurando todo um novo rol de relações que acometem pessoalmente a pesquisadora. Como uma janela musical num programa de rádio, os dois blocos são mediados pelos pareceres da banca de qualificação, dimensionando o intervalo que os une.
Abstract The research starts from the radio production experience of a group composed by those we call “diagnosed”, people diagnosed with psychiatric disorders, and academics in psychology and communication, diagnosed or not, called Radio Collective Potência Mental. Comprising two blocks, the dissertation, managed by the Collective, begins leaning over the chaos that inhabits it; the discursive struggle carried out by academics and diagnosed in an attempt to produce difference; and the madness-becoming that emerges as an effect of this situation in the same Collective that makes itself the subject, the object and the research method and allows to dissolve the crazy, the diagnosed and the academic identities. Passing through the setting of Colifata Radios where Potência Mental arises as a singularity, the dissertation questions "what can a Radio do?", examining, especially from Deleuze and Foucault, the conditions of its emergence as a discursive event. In the second block, the research focuses on examining the ways the Collective updates the discursive struggle in a coexistence that is submitted to the intervention of each other. Thus, by mutual affectation, the Collective interferes with the academy to which it relates as university extension, under the expression of friendship ethics, establishing a whole new list of relations that affect the researcher personally. As a music window on a radio program, the two blocks are mediated by the opinions of qualification banking, measuring the range that unites them.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/29678
Arquivos Descrição Formato
000778445.pdf (3.608Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.