Repositório Digital

A- A A+

Escala de bem-estar psicológico : adaptação para o português brasileiro e evidências de validade

.

Escala de bem-estar psicológico : adaptação para o português brasileiro e evidências de validade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Escala de bem-estar psicológico : adaptação para o português brasileiro e evidências de validade
Autor Machado, Wagner de Lara
Orientador Bandeira, Denise Ruschel
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Avaliação psicológica
Bem-estar
Saúde mental
[en] Mental health
[en] Psychological assessment
[en] Psychological well-being
Resumo O Bem-estar Psicológico (BEP) é um construto que reflete o funcionamento positivo ou ótimo em nível psicológico. Suas seis dimensões, relações positivas com outros, autonomia, domínio do ambiente, crescimento pessoal, propósito na vida e auto aceitação, emergem da convergência de teorias do desenvolvimento humano, psicologia humanista-existencial e sobre a saúde mental. O objetivo desse estudo foi adaptar e investigar as evidências de validade da Escala de Bem-estar Psicológico (EBEP), e está dividido em três partes. Na primeira, é apresentado o conceito de BEP a partir de uma revisão seletiva da literatura, abordando questões sobre sua origem, o desenvolvimento do conceito, as diferentes abordagens na sua avaliação, e por fim, seus correlatos psicossociais, sociodemográficos e neurobiológicos. A segunda parte descreve o processo de adaptação da EBEP para o português brasileiro, a partir de uma abordagem que incluiu diferentes níveis de análise da adequação dos itens: tradução sintetizada, análise de juízes e avaliação da familiaridade. Por fim, a última parte descreve a validação da EBEP a partir de sua relação com indicadores prévios de bem-estar em nível psicológico, bem como a avaliação do desempenho psicométrico da mesma. Ao todo 346 sujeitos participaram do estudo ao longo de diferentes etapas. Os instrumentos utilizados foram a EBEP, a Escala de Satisfação de Vida, a Escala de Afeto Positivo e Negativo, o Inventário Beck de Depressão (BDI), e o Questionário de dados sociodemográficos. As análises dos dados incluíram estatísticas descritivas, análise multivariada de variância (MANOVA), correlações de Pearson, e medidas de consistência interna através do alpha de Cronbach. Os resultados indicam a validade da EBEP a partir de sua relação com indicadores prévios do bem-estar em nível psicológico. Ainda é constatada a necessidade de estudos n
Abstract Psychological Well-being (PWB) is a construct that reflects the positive or optimal functioning in psychological level. Its six dimensions, positive relations with others, autonomy, environmental mastery, personal growth, purpose in life and self acceptance, emerging from the convergence of human development, humanistic-existential psychology and mental health theories. The aim of this study was to adapt and investigate the validity evidences of the Psychological Well-being Scale (PWBS), and is divided into three parts. At first, we present the concept of PWB from a selective review of the literature, addressing their questions about their origin, development of the concept, the different approaches for their assessment, and ultimately, their psychosocial, sociodemographic, and neurobiological correlates. The second part describes the process of adapting PWBS to Brazilian Portuguese, from an approach that included different levels of items adequacy analysis: synthesized translation, judge’s evaluation and analysis of familiarity. Finally, the last part describes the validation of PWBS from his relationship with previous indicators of well-being in psychological level, as well as evaluating the psychometric performance of this instrument. Altogether 346 subjects participated in the study over different stages. The instruments used were the PWBS, the Satisfaction with Life Scale, the Positive and Negative Affect Schedule, Beck Depression Inventory (BDI), and the Sociodemographic Questionnaire. The data analysis included descriptive statistics, multivariate analysis of variance (MANOVA), Pearson´s correlations, and measures of internal consistency using Cronbach's alpha. The results indicate validity evidences of EBEP from his relationship with previous indicators of well-being in psychological level. It is still found the need for studies in Brazil in relation to this construct.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/29716
Arquivos Descrição Formato
000778689.pdf (907.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.