Repositório Digital

A- A A+

As emancipações como mecanismos de desenvolvimento socioeconômico : um estudo exploratório do município de União da Serra

.

As emancipações como mecanismos de desenvolvimento socioeconômico : um estudo exploratório do município de União da Serra

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As emancipações como mecanismos de desenvolvimento socioeconômico : um estudo exploratório do município de União da Serra
Autor Crestani, Juliano de Oliveira
Orientador Demarco, Diogo Joel
Co-orientador Souza Júnior, Roberto Tadeu de
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Desenvolvimento socio-economico
Emancipação municipal
Resumo Este trabalho visou colaborar com as discussões junto ao âmbito das emancipações municipais brasileiras, tendo como estudo de caso o município gaúcho de União da Serra. O objetivo geral foi verificar se, perante a percepção da população local, o desenvolvimento socioeconômico foi positivo ou não no período pós-emancipação, para tanto se construiu um referencial teórico baseado em três cernes principais: (i) emancipações municipais, contando a sua evolução histórica no país, primeira, segunda ondas emancipacionistas e a situação atual; (ii) a concepção de desenvolvimento socioeconômico, culminando com a apresentação do índice de desenvolvimento humano e do índice de desenvolvimento socioeconômico do Rio Grande do Sul, como complementação e (iii) o desenvolvimento no meio rural, pelas características do município em questão. Para elaboração dos resultados utilizaram-se duas variáveis principais: (i) os índices de desenvolvimento humano e os índices de desenvolvimento socioeconômico do Rio Grande do Sul consolidados e seus subíndices, comparando-se União da Serra a Guaporé, seu município mãe, e ao Estado; (ii) pesquisa qualitativa exploratória intencional com a população local. Com relação à primeira variável, como subíndices do índice de desenvolvimento humano considerou-se a educação, longevidade e renda e para o índice de desenvolvimento socioeconômico do Rio Grande do Sul a educação, saúde, renda e condições dos domicílios. Na segunda variável as entrevistas foram semi-estruturadas, observando-se similaridade com os dados secundários para posterior comparação, ficando sua apreciação à análise de conteúdo. Na construção dos resultados, ambas as modalidades, foram no mesmo sentido, demonstrando um desenvolvimento positivo nas áreas de educação e saúde e a melhorar quanto à renda, principalmente gerando emprego para fixação e vinda de novos habitantes, e ao saneamento básico. Assim, o desenvolvimento socioeconômico de União da Serra pode ser conceituado como mediano a bom, possibilitando o entendimento que a emancipação implicou resultados positivos para o município pesquisado.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/29876
Arquivos Descrição Formato
000779381.pdf (782.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.