Repositório Digital

A- A A+

Governança corporativa e risco de três bancos brasileiros : análise do coeficiente beta

.

Governança corporativa e risco de três bancos brasileiros : análise do coeficiente beta

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Governança corporativa e risco de três bancos brasileiros : análise do coeficiente beta
Autor Goulart, Márcio Conceição
Orientador Lamb, Roberto
Co-orientador Groselli, Ricardo
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Análise de risco
Governança corporativa
Mercado de capitais
Resumo A Governança Corporativa surge para dar mais transparência às companhias de capital aberto, como prática da ciência administrativa que busca, sob o ponto de vista do investidor, transmitir confiabilidade e reduzir a possibilidade de expropriação de riqueza por parte dos gestores. Sob o ponto de vista das empresas, a governança corporativa pode garantir maior valorização da marca e captação de recursos a um custo menor. O presente trabalho calculou o coeficiente beta de três dos maiores bancos brasileiros num período de aproximadamente seis anos, com isso, foi realizada uma análise do comportamento deste indicador ao longo do tempo, comparando a evolução dos valores ao longo do tempo, quanto os valores observados entre os bancos, para as mesmas janelas de tempo. Os resultados indicaram uma redução no coeficiente beta do banco que aderiu ao Novo Mercado, contudo, não representaram menor risco que os outros bancos concorrentes, mesmo estes sendo listados no Nível 1 de Governança Corporativa da BM&FBOVESPA. Paralelamente, foi percebido que a governança corporativa não trouxe riscos semelhantes aos papéis de um mesmo banco, inclusive foi percebido que estes papéis apresentavam posições antagônicas, em algumas janelas de tempo. Devido ao tamanho da amostra os resultados observados não permitem uma observação conclusiva quanto ao impacto da governança corporativa sobre o risco das ações dos bancos na bolsa de valores, entretanto, alguns padrões de comportamento, além de evolução positiva do beta para o banco que aderiu ao Novo Mercado da BM&FBOVESPA, puderam ser percebidos.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/30233
Arquivos Descrição Formato
000780708.pdf (715.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.