Repositório Digital

A- A A+

Assimetria de informação e sinalização na cadeia da carne bovina

.

Assimetria de informação e sinalização na cadeia da carne bovina

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Assimetria de informação e sinalização na cadeia da carne bovina
Autor Ceolin, Alessandra Carla
Orientador Padula, Antonio Domingos
Co-orientador Barcellos, Julio Otavio Jardim
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios. Programa de Pós-Graduação em Agronegócios.
Assunto Agronegócio
Cadeia produtiva : Carne
Economia da informação
Informação
[en] Beef
[en] Information
[en] Information asymmetry
[en] Signaling
[en] Text mining
Resumo A presente pesquisa tem como objetivo identificar e analisar os principais Mecanismos de Sinalização utilizados na cadeia da carne bovina brasileira, bem como, verificar o grau de ocorrências dessas sinalizações pela Ciência, pelo Governo e pela Mídia, por meio de processos de mineração de textos e descoberta do conhecimento. Embasando-se na Economia da Informação como teoria-chave dessa análise e concentrando-se nas teorias da Assimetria de Informação, Seleção Adversa e Sinalização e, também, da revisão das interações entre Ciência, Mídia e Governo, foram definidas cinco dimensões, sob as quais os sinais sobre a carne bovina são enquadrados: Econômica, Comunicação e Marketing, Qualidade, Institucional e Sistema de Produção. Para análise, foram coletados documentos textuais em formato eletrônico ao longo de cinco anos. A busca dos documentos deu-se em bases de dados de publicações científicas, em portais do Governo e em arquivos dos jornais e magazines disponíveis na rede mundial de computadores , a partir de palavras-chave relacionadas à cadeia da carne bovina. Foram selecionados 4.281 artigos científicos para compor a base de dados da Ciência, 730 documentos para a base de dados do Governo e 5.439 documentos na base de dados da Mídia, totalizando 10.450 documentos selecionados. Esses documentos foram armazenados e classificados no software QDA Miner segundo as variáveis fonte (Ciência, Governo e Mídia) e ano (2005, 2006, 2007, 2008 e 2009). Para extrair o conhecimento das bases textuais, foi elaborada uma estrutura de análise constituída pelas dimensões, códigos (sinais) e palavras -chave. Na sequência foram analisados e codificados os documentos com os respectivos sinalizadores. Aplicando-se a estrutura de análise do software, foram utilizadas representações gráficas elaboradas a partir da frequência relativa das ocorrências de cada código nas três fontes de informação. De acordo com os resultados apresentados foi possível verificar que os termos e dimensões utilizados pela Ciência, Governo e Mídia diferem nas frequências em praticamente todos os códigos , demonstrando pouca sinergia entre as fontes de informação . No decorrer do período analisado, percebeuse maior oscilação na frequência das publicações que incluíam os sinais Sanidade e Sustentabilidade, os quais foram mais enfatizados nos últimos anos da presente análise. Os códigos Certificação e Rastreabilidade que pareciam ter maior destaque para fornecer informações sobre aspectos ligados à carne bovina brasileira, de acordo com estudos existentes, não são os mais emitidos, de acordo com esta pesquisa. A maior identidade da Ciência ao longo do período de anál ise foi para a Dimensão Sistema de Produção, demonstrando que as publicações científicas possuem um caráter mais voltado à melhoria da produção em si, como alimentação, genética, reprodução, idade de abate, dentre outros. Em relação ao Governo, observou-se maior identidade dessa fonte de informação para a Dimensão Institucional, com exceção do ano de 2007, onde se percebe maior es ênfases das publicações do Governo nas Dimensões Qualidade e Sistema de Produção . Já em relação ao que se observa na Mídia, há maior interesse em publicações nas Dimensões Qualidade e Sistema de Produção. Ao analisar os resultados entre as três fontes de informação, verifica-se maior proximidade entre o que se observa na Mídia e no Governo, visto a predominância da Dimensão Sistema de Produção na Ciência. Analisando comparativamente as fontes de informação foi possível observar que o maior grau de similaridade entre os códigos foi observad o nos documentos publicados pelo Governo. Embora os códigos adotados para sinalizar informações sobre a cadeia da carne bovina sejam os mesmos, enquadrados igualmente em cinco Dimensões, determinados sinalizadores são utilizados com maior destaque, similaridades e agrupamentos de códigos e, de acordo com as peculiaridades de cada fonte de informação investigada (Ciência, Governo e Mídia).
Abstract The goal of this research is to identify and analyze the main signaling mechanisms utilized in the Brazilian beef chain, as well as to investigate the degree of occurrence of these signalings by science, government, and media, through text mining and knowledge discover processes. Using Information Economy as key theory of this analysis and concentrating on the theories of Information Asymmetry, Adverse Selection and Signaling and, also, through revision of the interactions between science, media and government , five dimensions have been defined which encompass the signals about beef: economic, communication and marketing, quality, institutional and production system. To perform the analysis, electronic text documents over a five-year period have been collected. The documents have been searched in scientific journal databases, government portals, and news paper and magazine files available on the Internet, based on keywords connected to beef chain. The selection included 4.281 scientific articles to compose the science database, 730 documents to the government database, and 5.439 documents to the media database, in a total of 10.450 documents selected. These documents have been stored and classified in the QDA Miner software through the source variables (science, government and media ) and year (2005, 2006, 2007, 2008 and 2009). To extract the knowledge from the text databases, it has been elaborated an analysis framework composed by dimensions, codes (signals) and keywords. The next step was to analyze and codi fy the documents with the respective signallers. With application of the software analysis framework , it has been used graph representations elaborated from the relative frequency of each code occurrences in the three sources of information. According to the results found, it h as been evidenced that the terms and dimensions used by science, government an d media differ in frequency in practically all codes, demonstrating little synergy between the information sources. Over the period analyzed, a greater oscillation has been perceived in publications that included the sani ty and sustainability signals, which have been more emphasized in certain years. According to this research, the certification and traceability signals which, judging from existing studies, seemed to have the greatest emphasis to supply information on aspects related with Brazilian beef, are not the most issued. Science, over the analysis period, has been more identified with the production system dimension, demonstrating that scientific journals are more focused on the enhancement of production itself, such as feeding, genetics, breeding, slaughter age, among others. With regard to the government, it has been observed that this source of information is more identified with the institutional dimension, with exception of the year 2007, where the greatest emphasis of government publications is perceived in the quality and production syste m dimensions. In the media, quality and production system dimensions are the most emphasized in publications. Analyzing the results between the three sources of information, a closer connection between media and government is perceived, given the predominance of production system dimension in science . Comparative analysis between the sources of information revealed that the greatest degree of similarity between the codes has been found in the documents published by the government. Although the codes adopted to signaling information about beef chain are the same, equally framed in five dimensions, certain signallers are utilized with a greater emphasis, similarities and code groupings, and in accordance with the peculiarities of each source of information investigated (science, government and media).
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/30279
Arquivos Descrição Formato
000780050.pdf (2.971Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.