Repositório Digital

A- A A+

Comércio justo no Brasil e a comercialização de produtos do algodão ecológico

.

Comércio justo no Brasil e a comercialização de produtos do algodão ecológico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comércio justo no Brasil e a comercialização de produtos do algodão ecológico
Autor Bossle, Marilia Bonzanini
Orientador Nascimento, Luis Felipe Machado do
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Agronegócios
Cadeia produtiva
Comércio
Gestão ambiental : Brasil
Sustentabilidade ambiental
[en] Agro ecological cotton chain
[en] Certification
[en] Environment
[en] Fair Trade
[en] Innovation
Resumo O valor final das mercadorias no século XXI nem sempre espelha o valor da matéria-prima, mão-de-obra e tecnologia adicionada em cada etapa da cadeia de valor. Ou seja, quem produz ganha pouco e quem compra, paga muito. O comércio justo, foco de estudo desse trabalho vem como uma alternativa para acabar com essa diferença de remuneração que existe na cadeia produtiva. Define-se o comércio justo como uma associação comercial orientada para o desenvolvimento sustentável, com foco nos produtores excluídos ou em desvantagem, propondo melhores condições comerciais. Dentro desse contexto, destaca-se a cadeia do algodão agroecológico, que se diferencia do tradicional por não utilizar insumos químicos no processo de produção e por ser intensivo em mão-de-obra. Dentro da cadeia de valor pesquisada neste trabalho, o algodão é produzido em estados do nordeste e no Paraná, e é vendido para duas organizações, a Tênis e a Rede Justa Trama. Ambas utilizam o algodão e dentro dos conceitos do comércio justo produzem e comercializam os produtos finais. Considerando a ampliação do comércio justo em nível mundial e o incipiente crescimento nos países em desenvolvimento, esse trabalho foi desenvolvido para responder à seguinte pergunta: Quais são as restrições e oportunidades para a difusão do comércio justo no Brasil? Para responder a pergunta, foi realizado um estudo de caso, onde foram consultados especialistas em comércio justo e representantes de organizações do comércio justo no Brasil. Além disso, foi analisada a parte final da cadeia do algodão agroecológico, ou seja, a comercialização dos produtos pela Justa Trama e pela Tênis. A partir do estudo realizado, foi possível verificar que existe a necessidade de uma visão sistêmica da cadeia, e que os consumidores têm o poder de escolher o que vão comprar e quais organizações que vão apoiar. Com relação à disseminação do comércio justo, acredita-se que uma divulgação mais ampla dos conceitos, com apoio da sociedade, empresas, universidade e governo poderia ajudar. Os consumidores, de um modo geral, querem produtos de qualidade. Dessa forma, devem ser feitos investimentos em capacitação e no desenvolvimento de produtos. A comercialização é feita preponderantemente pela internet. As semelhanças identificadas entre a Rede Justa Trama e a Tênis: equilíbrio entre o que plantam e vendem, perfil dos consumidores, ambas são uma marca e têm parceria com a Europa, apresentam competências chaves para a gestão sustentável da cadeia de suprimentos e valorizam a aprendizagem e disseminação do conhecimento. Com relação às diferenças, as suas origens, a estratégia de produção e comercialização dos produtos apresentam características distintas. A Tênis terceiriza a produção e só produz para exportação enquanto a Justa Trama tem toda a produção nas cooperativas da cadeia. A importância da certificação está relacionada à organização do setor. No comércio justo, a regra continua sendo ganhar, mas permitindo um ganho mais equitativo para todos os elos da cadeia. Desenvolvendo as comunidades carentes e dando oportunidades para que todos ganhem e tenham acesso aos mercados também.
Abstract The final value of the goods in the twenty-first century does not always reflect the value of raw material, manpower and technology added in each step of the value chain. That is, the producer gets little and the buyer pays too much. Fair trade research focus on this work comes as an alternative to end the pay gap that exists in the supply chain. Fair trade is a trade association geared towards sustainable development, with focus on producers excluded or disadvantaged by offering better trading conditions. Within this context, there is agro ecological cotton supply chain, which differs from traditional by not using chemical inputs in the production process and due to its intensive manpower. Within the value chain investigated in this work, the cotton is produced in the states of Brazil‟s Northeast and Parana, and is sold to two organizations, Tênis and Rede Justa Trama. Both produce and sell the final products within the concepts of fair trade. Considering the expansion of fair trade worldwide and the incipient growth in developing countries, this work aims to answer the following question: What are the constraints and opportunities for the dissemination of Fair Trade in Brazil? To answer this question, a case study was performed, in which experts were consulted in fair trade organizations and representatives of the fair trade in Brazil. In addition, the final part of the cotton chain was analyzed, and the marketing of products by Justa Trama and Tênis. From the study, it was observed that there is a need for a systemic view of the chain, and that consumers have the power to choose what to buy and which organizations they will support. Regarding the dissemination of fair trade, it is believed that a wider diffusion of concepts with the support of society, business, university and government could help. Consumers want quality products. Thus, it is important that fair trade also invest in training and development of products. Marketing is done mainly through the internet. The similarities identified between Tênis and Justa Trama: balance between the planting and selling, customer profile, they are both brand and have a partnership with Europe, have key competencies for Green Supply Chain Management and value learning and dissemination of knowledge. With respect to the differences: its origins, the strategy of production and marketing of products. Tênis outsources production and only produces for export, while Justa Trama produces all inside its cooperatives. The significance of the certification is related to the organization of the sector. In fair trade, the rule is still earning money, but allowing a more equitable gain to all links in the chain. Other rule is to develop poor communities and provide opportunities for everyone to earn and have access to markets.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/30370
Arquivos Descrição Formato
000780996.pdf (1.572Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.