Repositório Digital

A- A A+

Psychometric properties of Social Rhythm Metric in regular shift employees

.

Psychometric properties of Social Rhythm Metric in regular shift employees

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Psychometric properties of Social Rhythm Metric in regular shift employees
Autor Schimitt, Regina Lopes
Zanetti, Talita
Mayer, Mayara
Koplin, Cristiane
Guarienti, Fabiana Amaral
Hidalgo, Maria Paz Loayza
Resumo Objetivo: Analisar as propriedades psicométricas da Escala de Ritmo Social e apresentar o algoritmo para cálculo dos escores em trabalhadores de turno regular. Método: Este estudo tem delineamento transversal. A escala Escala de Ritmo Social, que afere a regularidade de atividades diárias, foi aplicada durante nove dias, em 145 trabalhadores de turno regular, ambos os sexos, 27,6% sexo masculino e 72,4% sexo feminino, com idades entre 18 e 60 anos, média = 36,1 (sd = 9,87). A análise da diferença entre as médias foi realizada por meio do teste t de Student para amostras independentes e ANOVA. A análise fatorial foi realizada por meio de análise de componentes principais; a confiabilidade foi analisada através da correlação de Spearman. Resultados: O teste t de Student não revelou diferença significativa entre os sexos para o Índice de Regularidade de Atividades (t = 0,60; p = 0,55) e para o Escore do Total de Atividades (t = 0,67; p = 0,95). Os escores apresentaram uma distribuição gaussiana na amostra estudada. A análise fatorial mostrou que a escala se agrupa em três componentes, o primeiro deles composto pelas atividades mais impositivas e imprescindíveis para a sobrevivência; o segundo relacionado a trabalho e lazer, e o terceiro o das atividades às quais as pessoas podem frequentemente dispensar sem prejuízo de sua sobrevivência. Discussão: Esta versão permite aferição de um importante zeitgeber em humanos, contribuindo para próximos estudos nos quais possa ser avaliado o papel determinante do ritmo social. Conclusão: A Escala de Ritmo Social apresenta validade de conteúdo e boa fidedignidade teste-reteste.
Abstract Objective: To analyze the psychometric properties of Brazilian version of Social Rhythm Metric-17 and to present the score algorithm in regular shift employees. Method: This is a cross-sectional study. The Social Rhythm Metric assess the regularity of daily life associated to changes in biological rhythms. The scale was applied, during nine days, to 145 employees, 27.6 % male and 72.4% female, ages between 18 and 60, mean = 36.1 (sd = 9.87). Mean values were compared using the Student’s t-test for independent samples and ANOVA. Factor analysis was performed using principal component analysis; the reliability analysis, through Spearman’s correlation. Results: The Student t test didn’t reveal any significant difference between sex in IRA (t = 0.60; p = 0.55) or ETA (t = 0.67; p = 0.95). The factor analysis showed three components, the first was associated to survival related activities; the second, related to pleasure and work and the third was related to no essential survive activities. Discussion: This version of the Social Rhythm Metric-17 instrument allows to assess an important human zeitgeber, contributing for other studies which can to evaluate the determinant role of social rhythm. Conclusion: The Brazilian version of social rhythm metric 17 presents validity of content and good test-retest reliability.
Contido em Revista brasileira de psiquiatria = Brazilian journal of psychiatry. São Paulo. Vol. 32, n.1 (mar. 2010), p. 47-55
Assunto Estudos transversais
Psicometria
Ritmo circadiano
Trabalhadores
Trabalho em turnos
[en] Algorithm
[en] Circadian rhythm
[en] Ownership
[en] Psychometrics
[en] Workers
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/30457
Arquivos Descrição Formato
000751019.pdf (1.426Mb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.