Repositório Digital

A- A A+

Modificações de solo e plantas após duas décadas da aplicação de lodo proveniente da ETE do SITEL do Polo Petroquímico (Triunfo, RS)

.

Modificações de solo e plantas após duas décadas da aplicação de lodo proveniente da ETE do SITEL do Polo Petroquímico (Triunfo, RS)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Modificações de solo e plantas após duas décadas da aplicação de lodo proveniente da ETE do SITEL do Polo Petroquímico (Triunfo, RS)
Outro título Soil and plant modifications after 20 years sub-surface application of sludge from petrochemical industries operating at the triunfo (rs, brasil) complex
Autor Santos, Viviane Pereira dos
Orientador Gianello, Clesio
Co-orientador Tedesco, Marino Jose
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo.
Assunto Lodo
Química do solo
Resumo Com o objetivo de estudar os efeitos da aplicação no solo de lodo gerado pela ETE do Sistema Integrado de Tratamento de Efluentes Líquidos do IIIº Pólo Petroquímico (Triunfo, RS), foi iniciado em 1985 um estudo em colunas (microparcelas), com diferentes plantas de cobertura e várias taxas de adição do lodo, em sistema aberto. O experimento foi conduzido por seis anos, com cinco adições anuais de lodo, aplicando-se a quantidade total de até 624 t ha-1 na maior taxa de adição. Após esse período, as colunas de solo continuaram sendo mantidas a céu aberto, com desenvolvimento da vegetação espontânea. Em 2007/08 foram feitas amostragens de solo, correção da acidez e adubação, conforme as recomendações vigentes, e cultivados milho (Zea mays, L.), feijão preto (Phaseolus vulgaris, L) e rabanete (Raphanus sativus). As plantas apresentaram desenvolvimento normal, não sendo necessário o suprimento de adubo fosfatado nos tratamentos com adição de lodo. O teor de matéria orgânica do solo aumentou com a adição das maiores doses de lodo aplicadas. Os teores de zinco, cobre, cádmio, níquel e chumbo nas plantas situaram-se nas faixas consideradas normais em plantas cultivadas em solos não contaminados.
Abstract A microplot (soil columns) experiment to study the effects of several rates of sludge generated by the SITEL/CORSAN (the integrated wastewater treatment plant of the southern Brazilian petrochemical complex) on plants, soil and leached water was started in 1985. Sludge was applied for six years at the total rates up to 624 t ha-1 (dry matter) and the microplots maintained in an open area, and cultivated with several plant species until 1993. In the years 2007/08 the soil in the microplots was sampled for chemical analysis; liming and fertilization were conducted occording to the actual recommendations, and black beans (Phaseolus vulgaris, L), corn (Zea mays, L.), and radish (Raphanus sativus, L) were cultivated, which showed normal growth, without phosphate fertilization on the microplots with sludge application. Soil organic matter also increased on these microplots. Zinc, copper, cadmium, nickel and lead contents were in the range usually determined in plants grown on non contaminated soils.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/30468
Arquivos Descrição Formato
000781313.pdf (2.634Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.