Repositório Digital

A- A A+

Diferimento e fertilização de pastagem natural em neossolo de basalto na Campanha do Rio Grande do Sul

.

Diferimento e fertilização de pastagem natural em neossolo de basalto na Campanha do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diferimento e fertilização de pastagem natural em neossolo de basalto na Campanha do Rio Grande do Sul
Outro título Spring deferment and fertilization of native pasture on shallow basaltic soil
Autor Fedrigo, Jean Kássio
Orientador Nabinger, Carlos
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Campanha, Região (RS)
Fertilidade do solo
Pastagem natural
Planta forrageira
[en] Forage production
[en] Forage quality
[en] Liming
[en] Nitrogen
[en] Phosphorus
Resumo A pecuária de corte do Rio Grande do Sul é baseada na utilização de pastagens naturais, que são caracterizadas pela marcante sazonalidade na produção. Tal cenário, proveniente das variações meteorológicas ao longo do ano, apresenta-se de forma ainda mais intensa em condições edáficas limitantes, como é o caso da Região do Basalto Superficial da Campanha gaúcha. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a efetividade de práticas de manejo como o diferimento de primavera associado com a fertilização para minimizar os efeitos do déficit forrageiro do verão decorrentes do balanço hídrico negativo que normalmente ocorre na região. Foram utilizados 12 tratamentos baseados na aplicação em área diferida de diferentes níveis de calcário (0 e 1500 kg ha-1), fósforo (0 e 90 kg ha-1) e nitrogênio (0, 75, 150 e 300 kg ha-1), arranjados num fatorial incompleto. A aplicação dos fertilizantes e o início do diferimento ocorreram no dia 10/10/2009. Foi utilizado o delineamento em blocos casualisados com três repetições, utilizando-se como unidades amostrais parcelas com área de 30m² (3 x 10m). Foram realizadas 5 avaliações de massa de forragem, a intervalos médios de 15 dias (25/10/2009 a 08/01/2010). O tratamento testemunha apresentou uma taxa de acúmulo de forragem média de 17,7 kg ha dia-1 de matéria seca, demonstrando a efetividade do diferimento por si só em tais condições. O aumento dos dias de diferimento gerou diminuição na qualidade bromatológica da forragem. O calcário não proporcionou incrementos na produção de forragem, possivelmente em virtude do curto período de tempo entre a aplicação e o término das avaliações. A aplicação de nitrogênio ou fósforo isoladamente promoveu ganhos relativamente baixos para massa de forragem total e massa de forragem verde, mas a interação entre tais elementos potencializou esses efeitos, atingindo mais cedo a altura que otimiza a taxa de ingestão diária. A quantidade máxima de material verde (kg ha-1) foi atingida aos 75 dias para todos os tratamentos, sendo maior com fósforo e doses crescentes de nitrogênio.
Abstract The beef cattle industry in southern Brazil is based on the use of natural pastures, which are characterized by marked seasonality in production. This scenario, derived from weather variations throughout the year, is more intense in the limiting soil conditions, such as the basaltic shallow soils at Campanha region of Rio Grande do Sul. The aim of this study was to evaluate the effectiveness of management practices such as spring deferment associated with fertilization to minimize the effects of summer forage deficit arising from the negative water balance that normally occurs in this region. A total of 12 treatments based on the application of different levels of limestone (0 to 1500 kg ha-1), phosphorus (0 and 90 kg ha-1) and nitrogen (0, 75, 150 and 300 kg ha-1) were arranged in a incomplete factorial design distributed in a randomized complete block design with three replicates. Each plot measured 30 m² (3 x 10m). The start of the resting period and the application of fertilizers was done on 10/10/2009. Herbage mass was evaluated at average intervals of 15 days between 10/25/2009 and 08/01/2010. The control treatment showed a rate of herbage accumulation average of 17.7 kg/ha/day of dry matter, demonstrating the effectiveness of the deferral alone in such conditions. The increase of the resting time caused a decrease in forage quality. Limestone utilization doesn't increased forage production, possibly due to the short time between application and completion of evaluations. The application of nitrogen and phosphorus brought gains for relatively low herbage mass and green forage, but the interaction between these factors potentiated these effects, reaching the optimal height to maximize daily ingestion rate earlier. The maximum amount of green matter (kg/ha) was reached at 75 days for all treatments, being higher with increasing levels of nitrogen when phosphorous was applied.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/30469
Arquivos Descrição Formato
000781318.pdf (2.841Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.