Repositório Digital

A- A A+

Avaliação antibacteriana in vitro de extratos etanólicos de açafrão-da-terra (Curcuma longa L.) frente a microorganismos transmissíveis por alimentos

.

Avaliação antibacteriana in vitro de extratos etanólicos de açafrão-da-terra (Curcuma longa L.) frente a microorganismos transmissíveis por alimentos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação antibacteriana in vitro de extratos etanólicos de açafrão-da-terra (Curcuma longa L.) frente a microorganismos transmissíveis por alimentos
Autor Paim, Marcelo Pinto
Orientador Wiest, Jose Maria
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Açafrão
Atividade antibacteriana
Cúrcuma
Inativação bacteriana
Microorganismos : Alimentos
[en] Antibacterial activity
[en] Bacterial inactivation
[en] Bacterial inhibition
[en] Extracts rehydrated and not rehydrated
[en] Ground-saffron (Curcuma longa L.)
Resumo Através de Testes de Diluição em Sistema de Tubos Múltiplos determinou-se in vitro a Intensidade de Atividade de Inibição Bacteriana (IINIB/bacteriostasia) e a Intensidade de Atividade de Inativação Bacteriana (IINAB/bactericidia) de soluções contendo extratos etanólicos a 50% de diferentes acessos in natura de rizomas (alcoolaturas), bem como diferentes amostras comerciais de pó de rizomas (hidroalcoolaturas) de açafrão-da-terra (Curcuma longa L.), sobre inóculos bacterianos padrões de Staphylococcus aureus (ATCC 25923), Salmonella Enteritidis (ATCC 11076), Enterococcus faecalis (ATCC 19433) e Escherichia coli (ATCC 11229). Os extratos hidroalcoólicos apresentaram baixa atividade de inibição/inativação entre as quatro bactérias testadas, enquanto que a forma de extração alcoólica sem reidratação (extrato bruto) apresentou atividade antibacteriana seletiva e significativamente mais intensa. Salmonella Enteritidis e Enterococcus faecalis foram às bactérias mais sensíveis, frente a ambos os extratos (hidroalcoólico e alcoólico), enquanto que Escherichia coli e Stahphylococcus aureus apresentaram a menor sensibilidade. Houve diferença positiva significativa para os extratos não reconstituídos (bruto) quando comparados aos reconstituídos.
Abstract Through Test Dilution System in Multiple Tubes were determined in vitro the intensity bacterial inhibition activity (IINIB/bacteriostasys) and the Intensity of bacterial inactivation activity (IINAB/bactericidie) solutions containing 50% ethanol extracts of different accessions fresh root (alcoholic preparations) as well as commercial samples of powdered root (hidroalcoolaturas) from ground-saffron (Curcuma longa L.). patterns of bacterial inocula of Staphylococcus aureus (ATCC 25923), Salmonella Enteritidis (ATCC 11076), Enterococcus faecalis (ATCC 19433) and Escherichia coli (ATCC 11229). The hydroalcoholic extracts showed low activity inhibition/inactivation among the four tested bacteria, while the form of alcohol extraction without rehydration (crude extract) showed selective antibacterial activity and significantly more intense. Salmonella enteritidis and Enterococcus faecalis bacteria were more sensitive, compared to both extracts (hydroalcoholic and alcohol), while Escherichia coli and Staphylococcus aureus Stahphylococcus showed the least sensitivity. There was a significant positive difference to the extracts not rehydrated (raw) when compared to rehydrated.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/30473
Arquivos Descrição Formato
000779532.pdf (851.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.