Repositório Digital

A- A A+

Avaliação em relação à corrosão-fadiga de juntas soldadas da liga Inconel 625

.

Avaliação em relação à corrosão-fadiga de juntas soldadas da liga Inconel 625

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação em relação à corrosão-fadiga de juntas soldadas da liga Inconel 625
Autor Pfingstag, Maiquel Emerson
Muller, Iduvirges Lourdes
Schaeffer, Lirio
Resumo Estudou-se neste trabalho o comportamento à fadiga e à corrosão-fadiga de juntas soldadas da liga Inconel 625. Um dos pontos mais susceptíveis a sofrer esses processos de degradação é a região da solda uma vez que são geradas tensões residuais trativas evido ao processo de soldagem, e que é acentuada na presença de meios contendo elementos agressivos como cloretos, gás carbônico, entre outros. Os testes utilizados para avaliação desses fenômenos consistiram em curvas de polarização para caracterização do comportamento à corrosão, ensaios de tração ao ar e em presença do meio corrosivo, ensaios de fadiga e corrosão fadiga em máquinas tipo excêntrica, sendo os ensaios foram monitorados com sistema da aquisição de dados adequado. Esta liga demonstrou uma boa resistência a corrosão com um potencial de pite de 0,6 V, e uma boa durabilidade frente a fadiga e corrosão-fadiga, resistindo mesmo em tensões superiores às de trabalho a mais de 5 milhões de ciclos.
Abstract It was studied the fatigue and corrosion fatigue behavior of welded specimens of a nickel base alloy, namely Inconel 625. One of the most susceptible regions, to suffer these processes of degradation, since tensions are generated due to welding process, and is attenuated in the presence environment containing harsh elements with chlorine, carbon dioxide, among others. The tests used, in this work, to evaluate these phenomena, were polarization curves, slow strain rate technique, in air and in the presence of corrosive medium and fatigue and corrosion-fatigue tests using an eccentric type machine and an data acquisition system. This alloy shows a good corrosion resistance and a good behavior considering fatigue and corrosion fatigue tests, where even in stress levels higher than the ones used in service conditions, the number of cycles to failure of the specimens surpassed 5 million cycles.
Contido em Ciência e tecnologia dos materiais [recurso eletrônico]. Lisboa. Vol. 22, n. 3/4 (jul./dez. 2010), p. 65-69
Assunto Corrosão-fadiga
Ligas metálicas
Niquel
[en] Corrosion
[en] Fatigue
[en] Inconel 625
Origem Estrangeiro
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/30574
Arquivos Descrição Formato
000765316.pdf (492.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.