Repositório Digital

A- A A+

Countertransference in the initial visit of women victims of sexual violence

.

Countertransference in the initial visit of women victims of sexual violence

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Countertransference in the initial visit of women victims of sexual violence
Outro título Contratransferência no atendimento inicial de mulheres vítimas de violência sexual
Autor Eizirik, Mariana
Schestatsky, Sidnei Samuel
Kruel, Letícia Rosito Pinto
Freitas, Lucia Helena Machado
Resumo Objetivo: Identificar os correlatos demográficos e clínicos associados com sentimentos contratransferenciais de terapeutas na primeira consulta de mulheres vítimas de violência sexual. Método: Quarenta pacientes foram atendidas por 26 terapeutas, ao longo de dois anos consecutivos, no Núcleo de Estudos e Tratamento do Trauma Psíquico do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Brasil. Após a primeira consulta com a paciente, o terapeuta preenchia a Escala para Avaliação da Contratransferência. Os pacientes foram avaliados com a Escala Davidson de Trauma, a Standardized Assessment of Personality - Abbreviated Scale, o Inventário de Depressão de Beck, e a versão em português do Defense Style Questionaire. Resultados: Os terapeutas apresentaram predominantemente sentimentos de proximidade (Mean = 5,42, SD = 1,25) em comparação aos sentimentos de indiferença (Mean = 1,82, SD = 1,22) e de distanciamento (Mean = 1,57, SD = 1,08) [p < 0,001]. As análises multivariadas revelaram a ausência de associações entre os sentimentos contratransferenciais e características clínicas dos pacientes. O gênero dos terapeutas não influenciou o padrão de sentimentos contratransferenciais. No subgrupo de terapeutas mulheres, detectamos uma correlação inversa entre alta probabilidade de transtornos de personalidade nos pacientes e sentimentos de aproximação dos terapeutas. Conclusão: Não detectamos um padrão diferencial de sentimentos contratransferenciais associados com características clínicas específicas. Terapeutas de ambos os gêneros apresentaram um padrão similar de sentimentos de empatia em relação a mulheres vítimas de violência sexual, embora o gênero do terapeuta possa moderar os sentimentos evocados por pacientes com alta probabilidade de transtornos de personalidade.
Abstract Objective: To identify demographic and clinical correlates associated with therapists’ countertransference feelings on the first visit of women victims of sexual violence. Method: Forty patients were seen by 26 therapists, during 2 consecutive years, at the Center for the Study and Treatment of Psychological Trauma, Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Brazil. After the first visit with the patient, the therapist completed the Assessment of Countertransference Scale and the patient was evaluated with the Davidson Trauma Scale, the Standardized Assessment of Personality - Abbreviated Scale, the Beck Depression Inventory, and the Defense Style Questionnaire. Results: The therapists showed a predominance of feelings of closeness (Mean = 5.42, SD = 1.25) in relation to the feelings of indifference (Mean = 1.82, SD = 1.22) and distance (Mean = 1.57, SD = 1.08) [p < 0.001]. Multivariate analyses did not present significant associations between countertransference feelings and clinical characteristics of patients. The gender of the therapists did not influence the pattern of countertransference feelings. In the subgroup of female therapists, we detected an inverse correlation between a higher probability of patients’ personality disorders and feelings of closeness in the therapists. Conclusion: We did not detect a differential pattern of countertransference feelings associated with specific clinical characteristics. Therapists of both genders presented a similar pattern of feelings of empathy towards women victims of sexual violence, although the gender of the therapist may moderate the feelings evoked by patients with increased likelihood of personality disorders.
Contido em Revista brasileira de psiquiatria (1999). Sao Paulo. Vol. 33, n. 1 (mar. 2011), p. 16-22
Assunto Contratransferência (Psicologia)
Psicoterapia
Transtornos de estresse traumático
Violência
Violência sexual
[en] Countertransference
[en] Psychotherapyc
[en] Sexual abuse
[en] Trauma
[en] Violence
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/30578
Arquivos Descrição Formato
000777551.pdf (699.6Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.