Repositório Digital

A- A A+

Clínica fenomenológica : do método de pesquisa para a prática psicoterapêutica

.

Clínica fenomenológica : do método de pesquisa para a prática psicoterapêutica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Clínica fenomenológica : do método de pesquisa para a prática psicoterapêutica
Outro título Phenomenological clinic: from research method to the psychotherapeutic practice
Autor Gomes, William Barbosa
Castro, Thiago Gomes de
Resumo Por clínica fenomenológica define-se a influência do método de Husserl nos tratamentos psicológicos. A presente exposição aborda: (1) a filosofia do conceito de existência, definida como cuidado de si, e de método fenomenológico, definido como estudo da consciência; (2) as polêmicas transformações sofridas pelo método fenomenológico para a análise da existência; e (3) a extensão da análise da existência para a psicoterapia como clínica fenomenológica. O estudo contrasta descrições do processo terapêutico existencial entre 1958 e 2007. Quanto às evidências empíricas, a resistência tradicional ainda é presente, mas com certa abertura. Aliás, os resultados das pesquisas são favoráveis. Nessa história, o método fenomenológico vem perdendo foco e a análise existencial movendo-se para uma abordagem psicoterapêutica mais integrada.
Abstract Phenomenological clinic is defined as the influence of Husserl’s method upon psychological treatments. This paper addresses: (1) the philosophy of the concept of existence, defined as taking care of oneself, and of the phenomenological method, defined as the study of consciousness; (2) the controversial transformations undergone by the phenomenological method to analyze the existence; and (3) the extension of the existential analysis to psychotherapy as phenomenological clinic. The study contrasts descriptions of the existential therapeutic process from 1958 to 2007. As for empirical evidences, the traditional resistance is still present, but with some opening. Moreover, research findings are favorable. The historical interpretation indicates that the phenomenological method is losing focus and the existential analysis is moving towards a more integrated psychotherapeutic approach.
Contido em Psicologia : teoria e pesquisa. Brasília. Vol. 26, nesp (2010), p.81-94.
Assunto Consciência
Experiências de vida
Fenomenologia
Historia da psicologia
[en] Clinic
[en] Existence
[en] History of psychology
[en] Method
[en] Phenomenology
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/30591
Arquivos Descrição Formato
000766238.pdf (415.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.