Repositório Digital

A- A A+

"Yo vengo a cantar por aquellos que cayeron" : poesia política, engajamento e resistência na música popular uruguaia : o cancioneiro de Daniel Viglietti : 1967-1973

.

"Yo vengo a cantar por aquellos que cayeron" : poesia política, engajamento e resistência na música popular uruguaia : o cancioneiro de Daniel Viglietti : 1967-1973

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título "Yo vengo a cantar por aquellos que cayeron" : poesia política, engajamento e resistência na música popular uruguaia : o cancioneiro de Daniel Viglietti : 1967-1973
Autor Aguiar, José Fabiano Gregory Cardozo de
Orientador Guazzelli, Cesar Augusto Barcellos
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Autoritarismo
Engajamento político
História do Uruguai
Intelectuais
Música e política
Música popular uruguaia
Poesia
Uruguai
Viglietti, Daniel
[en] Artists and intellectual
[en] Political poetry
[en] Uruguaian popular music
Resumo O trabalho aborda a música popular uruguaia e a relação dos artistas engajados em determinadas causas políticas e sociais, de caráter revolucionário, com o processo de escalada autoritária no país durante o final da década de 60 e início dos anos 70. A pesquisa, portanto, se refere à música como manifestação social e política durante o período que precede o golpe militar no Uruguai, mais especificamente o período de conformação do Estado autoritário no país, durante os governos de Pacheco Areco (1967-71) e Juan Maria Bordaberry (1972 - Junho de 1973). A análise será centrada no cancioneiro de Daniel Viglietti, suas canções e poesia, bem como sua atuação e militância. Será levada em consideração a tradição da poesia política rioplantese, denominada gauchesca, e a relação desta com o cancioneiro popular produzido no período acima proposto. Tal relação pode ser entendida como uma apropriação de um discurso radical já presente na poesia política desde o século XIX que será utilizado pelos artistas engajados da década de 1960. Esta teria sido uma das estratégias de conscientização e luta de setores artísticos organizados em torno de propostas de mudança na região, em um primeiro momento, e de resistência e denúncia à escalada autoritária, em momento posterior. Também será realizada uma análise do papel do intelectual artista e de sua relação com a sociedade civil e movimentos políticos no período. Por fim, será feita a apresentação e análise do cancioneiro de Daniel Viglietti com a intenção de compreender sua produção artística a partir de temáticas que se inseriam nos debates e discussões políticas do período e de sua relação com as propostas de transformação estrutural das sociedades latinoamericanas – via reforma ou revolução.
Abstract This project deals with the uruguaian popular music and the engaged artists relations with some of the social and political issues related with revolucionary causes, and the authoritarian escalade process in that country within the late 60's and early 70's. The research refers to music as a social and political manifestation during the period that preceds the military coup in Uruguay, more specificaly the period that the authoritarian State is raising, during Pacheco Areco's government (1967-71) and Juan Maria Bordaberry's government (1972 – June of 1973).The analisys is focused in Daniel Viglietti, his songs and poetry, as well as his actuation and militancy. In this analysis the tradition of the political poetry of the Rio da Prata region, called gauchesca, will be considered, as well as its relation with the poetry and the popular artists work during the studied period. The relation between both can be understood as the apropriation of an authoritarian speech that already existed in the political poetry since the nineteenth century, and that was used by the engaged artists of the 1960 decade as one of the strategies of awareness and struggle for changes, at first, and later on as a strategy of resistence and denouncement. The research will also analyse the intelectual artist role and its relation with the civil society and political movements that took place in that period. Finally, the research analyses Daniel Viglietti's work as an intent to comprehend his artistic prodution and its relation with the political contest and transformation proposals then existing.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/30597
Arquivos Descrição Formato
000778805.pdf (1.822Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.