Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da morfologia pós-operatória das células do endotélio corneano de coelhos na região periférica perincisional comparativamente à região central

.

Avaliação da morfologia pós-operatória das células do endotélio corneano de coelhos na região periférica perincisional comparativamente à região central

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da morfologia pós-operatória das células do endotélio corneano de coelhos na região periférica perincisional comparativamente à região central
Autor Hünning, Paula Stieven
Orientador Pigatto, João Antonio Tadeu
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Oftalmologia Veterinária
[en] Corneal endothelium
[en] Corneal incision
[en] Lagomorphs
[en] Scanning electron microscopy
Resumo A manutenção da morfologia normal do endotélio da córnea é um importante indicador da integridade funcional. A reparação endotelial frente a um trauma, em coelhos, ocorre por migração, hipertrofia e mitose celular. Objetivou-se comparar a morfologia das células do endotélio, da região periférica perincisional à região central, da córnea de coelhos (Oryctolagus cuniculus) em diferentes períodos pós-operatórios. Foram designados três grupos, com 5 animais cada, para avaliação pós-operatória, sendo G1 (7 dias); G2 (15 dias) e G3 (45 dias). Trinta bulbos dos olhos de coelhos, da raça Nova Zelândia, foram submetidos à incisão de córnea clara uniplanar com 3,2 mm. Ao fim dos períodos determinados, procedeu-se a avaliação da morfologia endotelial valendose da microscopia eletrônica de varredura. Realizaram-se seis eletromicrografias de varredura, de cada região da córnea, com aumento de 1000 vezes. Para análise do percentual do número de lados celular, foram analisadas 100 células endoteliais. Na região periférica perincisional, avaliada ao 7° dia de pós-operatório, foram encontradas células com 6 lados (47,8%), 5 lados (31,3%), 7 lados (13,9%), 3 lados (0,1%), 4 lados (4,9%), 8 lados (1,8%) e 9 lados (0,2%). Na avaliação ao 15° dia de pós-operatório, observaram-se células com 6 lados (45,6%), 5 lados (32,6%), 7 lados (17,4%), 4 lados (1,7%) e 8 lados (2,7%). No 45° dia de pós-operatório, verificou-se a presença de células com 6 lados (57%), 5 lados (24%), 7 lados (17,2%), 4 lados (0,1%), 8 lados (1,6%) e 9 lados (0,1%). Na área central, ao 7° dia de pós-operatório, detectaram-se células com 6 lados (75,6%), 5 lados (13,3%), 7 lados (10,8%) e 8 lados (0,3%). Na avaliação, ao 15° dia de pós-operatório, foi possível observar células com 6 lados (78,9%), 5 lados (11,5%) e 7 lados (9,6%). No 45° dia de pós-operatório identificaram-se células com 6 lados (74,8%), 5 lados (13,6%) e 7 lados (11,6%). Os resultados demonstraram que na região periférica perincisional ocorreu diminuição das células com seis lados e aumento do número de células com cinco e sete lados. Na região central manteve-se o padrão regular de hexagonalidade das células endoteliais nos diferentes períodos pós-operatórios. Conclui-se que houve alteração na morfologia das células endoteliais, da região periférica perincisional comparada à região central, da córnea de coelhos nos diferentes períodos pós-operatórios.
Abstract The maintenance of the normal corneal endothelium morphology is an important indicator of its functional integrity. In rabbits, endothelial repair in the event of traumas is made through cell migration, hypertrophy and mitosis. The purpose of this study was to compare the morphology of endothelial cells of the perincisional area with the central area of the cornea of rabbits (Oryctolagus cuniculus), in different post-operative periods. Three groups containing 5 animals each were designed for post-operative evaluation: G1 (7 days); G2 (15 days) and G3 (45 days). The clear cornea of thirty New Zealand rabbits was subjected to a single-planed incision of 3.2 mm. At the end of the established periods, a morphological evaluation of the endothelium was carried out using scanning electron microscopy. Six scanning electron micrographs of each corneal area were performed using a magnification of 1000 x. One hundred endothelial cells were analyzed to obtain the cell side count percentage. In the perincisional peripheral area, which was evaluated at the 7 post-operative day, 6-sided (47.8%), 5-sided (31.3%) and 7-sided (13.9%) cells were found, in addition to, 3-sided cells (0.1%), 4-sided cells (4.9%), 8-sided cells (1.8%) and 9-sided cells (0.2%). In the evaluation made on the 15th post-operative day, 6-sided (45.6%), 5-sided (32.6%) and 7-sided (17.4%) cells were observed, as well as 4-sided (1.7%) and 8-sided cells (2.7%). On the 45th postoperative day, the presence of 6-sided (57%), 5-sided (24%), 7-sided (17.2%), 4-sided (0,1%), 8-sided (1.6%) and 9-sided cells (0.1%) was verified. On the 7th post-operative day, 6-sided (75.6%), 5-sided (13.3%), 7-sided (10.8%) and 8-sided cells (0.3%) were observed in the central area .Upon evaluation made on the 15th post-operative day, it was possible to observe 6-sided (78.9%), 5-sided (11.5%) and 7-sided (9.6%) cells. Results have shown that there was a reduction of six-sided cells and an increase in the number of five and seven-sided cells in the perincisional peripheral area. The regular hexagonal standard of the endothelial cells was maintained in the central area in different post-operative periods. In comparison to the central area, there was a morphological alteration of the endothelial cells of the peripheral perincisional area in different post-operative periods of the cornea of rabbits.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/30846
Arquivos Descrição Formato
000780114.pdf (1.508Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.