Repositório Digital

A- A A+

Efeitos do treinamento proporcionado pelo método pilates clássico nas aptidões físicas em mulheres saudáveis : um ensaio clínico controlado

.

Efeitos do treinamento proporcionado pelo método pilates clássico nas aptidões físicas em mulheres saudáveis : um ensaio clínico controlado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeitos do treinamento proporcionado pelo método pilates clássico nas aptidões físicas em mulheres saudáveis : um ensaio clínico controlado
Outro título The effects of classical pilates training on physical activites on health women : a controlled trial
Autor Picolli, Francine
Orientador Ribeiro, Jorge Pinto
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas.
Assunto Aptidão física
Equilíbrio postural
Exercício
Maleabilidade
[en] Balance
[en] Body composition
[en] Flexibility
[en] Muscle endurance
[en] Peak oxygen consumption
Resumo Introdução: O Método Pilates apesar de prática difundida, apresenta escassez de evidências que demosntrem sua eficácia. Objetivos: Verificar a adaptação cardiorrespiratória, antropométrica e parâmetros da aptidão física ao treinamento proporcionado pela prática do Método Pilates Clássico. Métodos: Participaram deste estudo quinze mulheres saudáveis (GP) as quais realizaram o treinamento no Método Pilates Clássico, durante 12 semanas, 3 vezes por semana e 13 controles saudáveis (GC) que mantiveram sua rotina de atividades. Foi avaliado consumo máximo de oxigênio, pressão arterial, peso, percentual de gordura, massa gorda, massa corporal magra, amplitude de movimento articular, flexibilidade, resistência muscular localizada (abdominais, membros superiores e membros inferiores) e equilíbrio dinâmico antes e após o treinamento para o GP e antes e após 12 semanas para GC. Ocorreu monitoramento da frequência cardíaca em cada sessão do treinamento para o GP. Resultados: O presente estudo demonstrou que houve redução no percentual de gordura (p < 0,001) e aumento da massa corporal magra (p < 0,001). A amplitude de movimento articular e a flexibilidade, avaliadas em todas as articulações, tiveram melhora (p < 0,001), assim como a ressitência msucular localizada (p < 0,001) e o equilíbrio dinâmico ( p = 0,001). Além disso, este é o primeiro ensaio clínico que demonstra melhora da capacidade funcional, avaliada pela medida do VO2 pico (p < 0,001). Conclusão: Os resultados apresentados sugerem que mulheres, previamente sedentárias, se beneficiaram com a melhora significativa da aptidão física, tanto parâmetros motores, quanto físicos, apresentando alterações significativas na composição corporal, na amplitude de movimento articular, na flexibilidade, na resistência muscular localizada e no equilíbrio dinâmico. Além disso, o incremento da capacidade funcional atavés do VO2 pico.
Abstract Introduction: Despite it widespread practice, the Pilates Method presents scarcity of relevant scientific evidence of justify its efficacy. Objectives: To present a comprehensive evaluation of the adaptations to cardiorespiratory parameters, anthropometric and physical fitness provided by the practice of the Pilates Method. Methods: Fifteen healthy participants (PG) who underwent training in the Classical Pilates Method for 12 weeks, 3 times a week were evaluated against 13 healthy controls (CG) who maintained their routine activities. Measurements of VO2 peak, blood pressure, weight, fat percentage, fat mass, lean body mass, range of movement, flexibility, muscular endurance (abdominal, upper and lower limbs) and dynamic balance before and after training for the PG, and before and after 12 weeks for CG were taken. Heart rate was monitoring at each training session for the PG. Results: The study showed that the exercises practiced resulted in a reduction in body fat percentage (p <0.001) and increased lean body mass (p <0.001). The range of motion and flexibility in all joints evaluated, reported improvement (p <0.001), as well muscle endurance (p <0.001) and dynamic balance (p = 0.001). Moreover, this is the first clinical trial that demonstrates improved functional capacity, assessed by measurement of VO2 peak (p <0.001). Conclusion: The results suggest that sedentary women obtain significant changes in body composition, joint range of movement, flexibility, muscular endurance and dynamic balance from practicing Classical Pilates Method 3 times a week. Furthermore, they increased the functional capacity through the VO2 peak.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/30921
Arquivos Descrição Formato
000780558.pdf (6.431Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.