Repositório Digital

A- A A+

Volumetria e análise de variações anatômicas da porção anterior do ápice petroso delineada pelo triângulo de kawase por tomografia computadorizada

.

Volumetria e análise de variações anatômicas da porção anterior do ápice petroso delineada pelo triângulo de kawase por tomografia computadorizada

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Volumetria e análise de variações anatômicas da porção anterior do ápice petroso delineada pelo triângulo de kawase por tomografia computadorizada
Autor Pérez, Juliano Adams
Orientador Isolan, Gustavo Rassier
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Cirúrgicas.
Assunto Base do crânio
Cirurgia
Craniotomia
Fossa craniana média
Tomografia
Resumo Objetivo: a abordagem de lesões petroclivais através da petrosectomia anterior tem sido cada vez mais utilizada, demonstrando grande potencial para alguns tipos específicos de tumor. O objetivo deste estudo é examinar através da tomografia computadorizada o volume e variações anatômicas da porção anterior do ápice petroso delineada pelo triângulo de Kawase, que é ressecada durante a petrosectomia anterior. Metodologia: estudo transversal retrospectivo realizado no Serviço de Radiologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Foi analisada a região anterior do ápice petroso em pacientes consecutivos acima de dezoito anos a partir de exames de tomografia computadorizada de ossos temporais do arquivo do Serviço de Radiologia. A volumetria foi realizada através de pós-processamento em uma estação de trabalho. Resultados: foram analisados 154 ápices petrosos de 77 pacientes (36 homens). A média do volume da região delineada pelo triângulo de Kawase foi de 1,89 ± 0,52 cm3. A média do volume entre os homens foi de 2,01 ± 0,58 cm3 e entre as mulheres foi de 1,79 ± 0,41 cm3. As concordâncias intra e inter-observador foram consideradas excelentes com pouca variabilidade. Foram verificadas 19 variantes anatômicas, sendo 18 casos de pneumatização e um caso de uma estrutura com características vaso ou nervo da qual não encontramos descrição na literatura. Conclusão: O volume da região delineada pelo triângulo de Kawase apresenta considerável variabilidade, o que pode repercutir durante a abordagem da fossa média. A volumetria desta região pode se tornar uma ferramenta útil no planejamento das petrosectomias anteriores, preparando o cirurgião para eventuais dificuldades de abordagem, além da presença de variações anatômicas.
Abstract Objective: anterior petrosectomy has become an increasingly approach for petroclival lesions and demonstrates high potential for specific kinds of lesions. This study measures by computed tomography (CT) the volume and the anatomic variants of the anterior portion of petrous apex outlined by Kawase triangle wich is ressected in anterior petrosectomy. Methods: transversal retrospective study conducted in the Radiology Department of a tertiary care institution (Hospital de Clinicas de Porto Alegre, Porto Alegre, Brazil). We analized the anterior petrous apex portion outlined by Kawase triangle in consecutive patients over the age of eighteen from CT scans of temporal bone of the file of the radiology department. The volumetry was performed on a workstation. Results: One hundred fifty four petrosal apex were analyzed in 77 patients (36 men). The average volume of the region outlined by Kawase's triangle was 1.89 ± 0.52 cm3. The volume average in men was 2.01 ± 0,58 cm3 and the average in women was 1.79 ± 0.41 cm3. Intra and interobserver agreement were both excellent and there was little variance. Nineteen petrous apex demonstraded anatomic variations. In 18 cases it was pneumatized and in one case vascular or nerve-like structure was identified wich report we did not find in the literature. Conclusion: the volume of the region outlined by Kawase triangle shows considerable variability, wich may impact on middle fossa approaches. The volume measurement of anterior petrous apex may become an useful tool in planning the surgical approach and preparing the surgeon to potential difficulties, besides the presence of anatomic variants.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/30934
Arquivos Descrição Formato
000780673.pdf (1.651Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.