Repositório Digital

A- A A+

Ações de redução de danos voltadas para usuários de drogas : uma revisão integrativa

.

Ações de redução de danos voltadas para usuários de drogas : uma revisão integrativa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ações de redução de danos voltadas para usuários de drogas : uma revisão integrativa
Outro título Actions at harm reduction for drug users: integrative review
Outro título Actuaciones dirigidas a la reducción de daños para usuarios de drogas: una revisión integradora
Autor Roos, Cristine Moraes
Orientador Schneider, Jacó Fernando
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Políticas públicas
Redução do dano
Usuários de drogas
[en] Disorders related to substance use
[en] Harm reduction
[en] Mental health
[en] Nursing
[en] Public policy
[es] Enfermería
[es] Políticas públicas
[es] Reducción del daño
[es] Salud mental
[es] Trastornos relacionados con el consumo de sustâncias
Resumo Trata-se de uma revisão integrativa da literatura baseada em Cooper, que objetivou conhecer e identificar as ações de redução de danos voltadas para os usuários de drogas em artigos publicados em periódicos científicos. Para a coleta dos dados foram utilizados os descritores redução de danos, políticas públicas e transtornos relacionados ao uso de substâncias, nos idiomas português, inglês e espanhol, nas bases de dados da Literatura Latino-Americano e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Scientific Electronic Library Online (SciELO), National Library of Medicine- USA (MedLine) e na Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas (SMAD). Os critérios de inclusão foram: artigos que contemplem a temática da área de redução de danos, tanto questões teóricas, políticas quanto práticas, completos, disponíveis on-line, gratuitos e publicados no período de 2005 a 2010. Este trabalho evidenciou uma predominância de estudos enfocando questões referentes a prática da redução de danos em contextos diversos, além de ainda existirem muitos entraves e embates éticos, ideológicos e políticos. Os achados foram ordenados em três categorias: Políticas Públicas, Aspectos Teóricos e Éticos e Ações de Redução de Danos, que indicaram alguns aspectos fundamentais resultantes das práticas voltadas para os usuários de drogas, como por exemplo, a promoção do protagonismo e responsabilidade individual, penal, liberdade de escolha, descriminalização, diversificação das modalidades de atendimento, objetivos e direção dos tratamentos, qualificação na interface da saúde e da lei e dispositivos de saúde sócio-culturais (esporte, lazer, cultura, trabalho), no compasso com os princípios e as diretrizes do SUS, ou seja, a flexibilidade desta diretriz de trabalho permitiu um diálogo maior com diferentes instâncias (intersetorialidade), ressignificando e ampliando o debate sobre o tema, pautado pela ética e pelo respeito as subjetividades.
Abstract It is an integrative literature review based on Cooper, which aimed to find and identify actions aimed at harm reduction for drug users in articles published in scientific journals. To collect the data descriptors were used to harm reduction, public policies and disorders related to substance use, in Portuguese, English and Spanish, in the databases of the Latin American and Caribbean Center on Health Sciences (LILACS) and Scientific Electronic Library Online (SciELO), National Library of Medicine, USA (Medline) and the Electronic Journal of Mental Health, Alcohol and Drugs (SMAD). Inclusion criteria were: articles that address the thematic area of harm reduction, both theoretical issues, policies and practices, complete, available online, free and published in the period 2005 to 2010. This work showed a predominance of studies focusing on issues concerning the practice of harm reduction in diverse contexts, and there are still many barriers and ethical conflicts, ideological and political. Findings were sorted into three categories: Public Policy, and Ethical Aspects, Theoretical and Actions Harm Reduction, which indicated some key issues arising from practices for drug users, such as promoting individual responsibility and leadership, criminal , freedom of choice, decriminalization, diversification of modes of attendance, objectives and direction of the treatments, qualifying at the interface of health and health law and by socio-cultural (sport, leisure, culture and work), in step with the principles and the guidelines of the SUS, or the flexibility of this work direction allowed a larger dialogue with different bodies (intersectoral) and redefines the expanding debate on the subject, based on ethics and respect for the subjectivity.
Resumen Se trata de una revisión integradora de la literatura sobre la base de Cooper, que tuvo como objetivo conocer e identificar las acciones encaminadas a la reducción de daños para usuarios de drogas en los artículos publicados en revistas científicas. Para recoger los descriptores de datos se utilizaron para la reducción del daño, las políticas públicas y los trastornos relacionados con el consumo de sustancias, en Portugués, Inglés y Español, en las bases de datos del Centro Latinoamericano y del Caribe en Ciencias de la Salud (LILACS) y Scientific Electronic Library Online (SciELO), Biblioteca Nacional de Medicina, EE.UU. (Medline) y la Revista Electrónica de Salud Mental, Alcohol y Drogas (SMAD). Los criterios de inclusión fueron: artículos que abordan el área temática de reducción de daños, tanto en cuestiones teóricas, políticas y prácticas, completa, disponible en línea, libre y publicados en el periodo 2005 a 2010. Este trabajo muestra un predominio de estudios centrados en las cuestiones relativas a la práctica de reducción de daños en diversos contextos, y todavía hay muchas barreras y conflictos éticos, ideológicos y políticos. Los resultados fueron clasificados en tres categorías: Políticas Públicas y Aspectos éticos, teóricos y acciones de reducción de daños, lo que indica algunas cuestiones importantes que surjan de las prácticas para los usuarios de drogas, como la promoción de la responsabilidad individual y el liderazgo, penal , la libertad de elección, la despenalización, la diversificación de los modos de asistencia, los objetivos y la dirección de los tratamientos, clasificación en la interfaz de la ley de salud y de la salud y socio-culturales (deporte, ocio, cultura y trabajo), en consonancia con los principios y las directrices del SUS, o la flexibilidad de esta dirección de trabajo permitió un diálogo más amplio con los diferentes órganos (intersectoriales) y redefine el debate ampliar sobre el tema, basado en la ética y el respeto de la subjetividad.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/31126
Arquivos Descrição Formato
000782165.pdf (882.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.