Repositório Digital

A- A A+

Emissão de ações : fonte de crescimento ou redutora do risco financeiro?

.

Emissão de ações : fonte de crescimento ou redutora do risco financeiro?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Emissão de ações : fonte de crescimento ou redutora do risco financeiro?
Autor Caselani, Cesar Nazareno
Orientador Procianoy, Jairo Laser
Data 1996
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Acoes : Empresa : Investimento : Bovespa, 1988-1993 : Estrutura de capital : Risco financeiro : Custo : Mercado : Brasil
Resumo A maneira como uma companhia deve estruturar seu capital representa uma das decisões básicas da gestão financeira. Dentre as fontes de financiamento à disposição das empresas, temos o capital próprio oriundo da emissão de ações. Ao emitir ações, as companhias podem utilizar os fundos da emissão no investimento em ativos que promovam o crescimento da empresa ou na redução do seu passivo. Este estudo, realizado com companhias negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA) entre 1988 e 1993, mostra que os recursos originários das emissões de ações foram empregados, de um modo geral, no investimento em ativo permanente. Ao segmentarmos a amostra encontramos que fatores como controle acionário, tamanho da companhia e setor de atividade podem influenciar a decisão de estrutura de capital das empresas. Contudo, os resultados mais significativos foram encontrados ao dividirmos a amostra pelo fator ano de emissão das ações. Dependendo do exercício em que foram realizadas as emissões, as companhias optaram por um destino diferente a ser dado aos recursos. Tais resultados parecem indicar que as companhias, antes de seguirem qualquer teoria financeira sobre estrutura de capital, agem de acordo com as características próprias do mercado de capitais brasileiro.
Abstract The capital structure of a firm represents an important decision for the financial management. Among the financing sources, firms can decide to issue stocks. The money from the stock issue can be used to make investments in assets or reduce debt. This study tests a sample of companies traded in São Paulo Stock Exchange (BOVESPA) between 1988 and 1993. The results show that funds from stock issues are generally used to make investments in fixed assets. Dividing the sample by ownership control, size of firms and industrial classification, the results suggest that these factors can influence the capital structure decision. However, the most significant results are related of the year when firms issue stocks. Depending on the year of issuing, companies choose a different strategy for the use of funds. This study suggests that capital structure decision of firms follow the own characteristics of Brazilian capital market, despite a specific capital structure theory.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/31352
Arquivos Descrição Formato
000142585.pdf (1.037Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.