Repositório Digital

A- A A+

Tornar-se professor de música na educação básica : um estudo a partir de narrativas de professores

.

Tornar-se professor de música na educação básica : um estudo a partir de narrativas de professores

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tornar-se professor de música na educação básica : um estudo a partir de narrativas de professores
Autor Abreu, Delmary Vasconcelos de
Orientador Del Ben, Luciana Marta
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Música.
Assunto Educação básica
Educação musical
Formação de professores : Música
Profissionalização : Educação
[en] Narratives of professionalization
[en] Professionalization of music teachers
[en] School music education
Resumo Esta pesquisa teve como objetivo geral investigar como professores licenciados em outras áreas do conhecimento – Ploa se tornam professores de música na educação básica. Como objetivos específicos, busquei: compreender como esses professores se inseriram na Rede Municipal de Ensino de Sinop – Remes como professores de música; como ensinam música na escola e como se veem como professores de música na escola. O referencial teórico do trabalho está fundamentado em conceitos de profissionalização dos educadores Antonio Nóvoa e Betânia Ramalho, Isauro Núñez e Clermont Gauthier, e na perspectiva teórica – teoria ator-rede desenvolvida por Bruno Latour. Os princípios desenvolvidos por Bruno Latour complementam o conceito de profissionalização no que se refere ao aspecto do profissionismo. O método utilizado foi a abordagem biográfica, mais especificamente as narrativas. A estratégia de pesquisa utilizada foi a entrevista narrativa, denominada no trabalho como narrativas de profissionalização. O estudo foi realizado com dez professores que atuam na Remes. A análise indica que a profissionalização se constitui como uma narrativa. A narrativa de profissionalização é um processo de ações minúsculas praticadas pelos docentes no interior de seus contextos. Essas ações, que vão constituindo os professores em profissionais, são geradas pelas necessidades do contexto. Os professores constroem a sua profissionalização tecendo uma relação singular-plural com o contexto escolar. Os professores constroem modos distintos de ensinar música e criam estratégias de ação que lhes possibilitam arregimentar aliados para que continuem o seu processo de vir a ser professores de música na escola. A pesquisa contribui para que a área de educação musical possa ampliar os conceitos sobre a profissionalização de professores que atuam com o ensino de música nas escolas de educação básica. Dar visibilidade às práticas músico-educacionais vividas pelos professores no contexto escolar indica dimensões do vir a ser professor de música. Um dos caminhos que esta pesquisa aponta é que, para tornar-se professor de música na educação básica, é necessário tomar a profissionalização como uma narrativa.
Abstract This research aimed at investigating how teachers undergraduate in other areas of knowledge become music teachers in schools of basic education. More specifically, it aimed to understand how these teachers entered in the educational municipal system of the city of Sinop, Mato Grosso, mid-western Brazil; how they teach music at schools and how they see themselves as school music teachers. The theoretical framework was constituted by the concepts of professionalization elaborated by Antonio Nóvoa and Betânia Ramalho, Isauro Núñez and Clermont Gauthier and the theoretical perspective – actor-network theory developed by Bruno Latour, whose principles complement the concept of professionalization. The research adopted a biographical approach, specifically that of the narratives. The research technique used was the narrative interview, called as narratives of professionalization. The study was carried out with ten teachers of the municipal system of Sinop. The analysis indicates that the professionalization is constituted as a narrative. The narrative of professionalization is a process constituted by narrow actions carried out by the teachers in the contexts where they work. These actions, which constitute the teachers as professionals, are generated by the needs of the context. The teachers build their professionalization through weaving a singular-plural relationship with the school context. They elaborate distinct modes of teaching music and create strategies for action that allows them to gather allies to continue their process of becoming music teachers at school. The research contributes to the field of music education through broadening the concepts about the professionalization of teachers who work with music education in the schools. Furthermore, the process of making visible the practices of music education lived by the teachers in the school context indicates dimensions of how one comes to be a music teacher. The research concludes that, in order to become a music teacher in the school of basic education, it is necessary to conceive, and to live, the professionalization as a narrative.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/31430
Arquivos Descrição Formato
000781486.pdf (1.144Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.