Repositório Digital

A- A A+

Bourdieu e Foucault : derivas de um espaço epistêmico

.

Bourdieu e Foucault : derivas de um espaço epistêmico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Bourdieu e Foucault : derivas de um espaço epistêmico
Outro título Bourdieu and Foucault: derivation of an epistemic space
Autor Anjos, José Carlos Gomes dos
Resumo Neste artigo, o autor discute as bases epistemológicas bachelardianas das obras de Bourdieu e Foucault tendo em vista avaliar-lhes a pertinência para uma sociologia da Modernidade na periferia. O que Bachelard fundou foi uma modalidade de reconstrução racional associada a uma historização que se contrapõe ao positivismo na medida em que enfatiza o caráter criativo e inventivo da fenomenotécnica científica. Bourdieu assume de Bachelard a injunção à ruptura epistemológica entre o fenômeno que se reconstitui na ciência e aquele que se apresenta ao senso comum. Foucault usa o modo de demonstração bachelardiano das raízes fantásticas das ciências para desmantelar as pretensões das ciências humanas. Sugere-se, neste artigo, que a extensão da posição epistemológica foucaultiana é heuristicamente mais fecunda e permanece promissora para os lugares de enunciação com pretensão de desvelamento do modo como a Modernidade apresenta-se na periferia.
Abstract In this article the author discusses the bachelardian episthemological basis of Bourdieu’s and Foucault’s works, aiming at assessing their pertinence to a sociology of modernity in the periphery. Bachelard founded a modality of rational reconstruction associated to a historicization opposed to positivism, since it emphasizes the creative and inventive character of the scientific phenomenotechnology. Bourdieu takes from Bachelard the imposition of an epistemological rupture between the phenomenon reconstructed in science and the one presented to common sense. Foucault uses the bachelardian method of demonstration of the fantastic roots of science to unmask the pretensions of human sciences. It is suggested in this article that the extension of the foucaultian epistemological position is heuristically more productive, being still promising to places of enunciation that intend to unveil the way modernity presents itself in the periphery.
Contido em Anos 90 : revista do Programa de Pós-Graduação em História. Porto Alegre. Vol. 11, n. 19/20 (jan/dez. 2004), p. 139-165
Assunto Bachelard, Gaston, 1884-1962
Bourdieu, Pierre, 1930-2002
Foucault, Michel, 1926-1984
Modernidade
[en] Gaston Bachelard
[en] Michel Foucault
[en] Modernity
[en] Pierre Bourdieu
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/31541
Arquivos Descrição Formato
000497426.pdf (275.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.