Repositório Digital

A- A A+

Políticas de encontro : criação e colaboração nos processos do grupo Experimental de dança de Porto Alegre

.

Políticas de encontro : criação e colaboração nos processos do grupo Experimental de dança de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Políticas de encontro : criação e colaboração nos processos do grupo Experimental de dança de Porto Alegre
Autor Purper, Raquel
Orientador Nunes, Silvia Balestreri
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas.
Assunto Coreógrafo
Dançarinos
Grupo Experimental de Dança. Porto Alegre (RS)
Processo de criação : Dança
[en] Choreographer
[en] Creation process
[en] Dancer
Resumo A pesquisa reflete sobre criação e colaboração nos processos do Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre. Neste sentido, foram observadas as relações entre o coreógrafo e os dançarinos no processo de elaboração de espetáculos de dança contemporânea, buscando a compreensão do papel que cada um destes artistas desempenha na criação. O foco da investigação concentra-se nos percursos de trabalho dos espetáculos “Eu Me Faço Simples Por Você” (2008) e “Alguma Coisa Acontece” (2009), caracterizados pela experimentação. O primeiro, permeado por um intenso convívio entre os integrantes e por uma trajetória que possibilitou a (re)criação no processo em diversas instâncias e o segundo, desenvolvido através de improvisação constante, sendo esta, inclusive, definida como a forma final para ser levada à cena. Através de observação participante e entrevistas com o coreógrafo Airton Tomazzoni e com os dançarinos Alessandro Rivellino, Joana Vieira, Juliana Rutkowski e Stefânia Ferreira, que participaram de ambos os espetáculos, puderam ser percebidas as singularidades das relações nos processos de criação estudados, dentre as quais, destacam-se: dançarinos com diferentes experiências corporais, abertos para uma nova experiência em dança e um coreógrafo disposto a perceber o que a diversidade de corpos poderia contribuir para o trabalho de criação; e um encontro de criação entre dançarinos co-criadores e um coreógrafo provocador marcado pela disponibilidade, liberdade e colaboração. O conceito de polifonia, de Bakhtin, foi utilizado para justificar o formato de apresentação desta pesquisa. As entrevistas estão dispostas no trabalho juntamente com a produção textual da autora, a fim de proporcionar uma visão ampla com divergências e convergências de opiniões. Os autores citados também contribuem amplamente para o desenvolvimento de uma dissertação que se pretende polifônica.
Abstract The research reflects upon creation and collaboration inside the process of the Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre. In that sense, it was observed the relation between the choreographer and the dancers during the elaboration of contemporary dance pieces, seeking to the understandment of the role that each artist develops in creation. The focus of the investigation is concentrated in the work process of the pieces “Eu Me Faço Simples Por Você” (2008), and “Alguma Coisa Acontece” (2009), characterized by experimentation. The first one, permeate through an intense socializing process between the participants and a trajectory that allow the recreation during the process in many instances. The second, developed by a constant improvisation and being defined as a final form to be performed on the stage. Through participant observation and interviews with the choreographer Airton Tomazzoni and the dancers Alessandro Rivellino, Joana Vieira, Juliana Rutkowski e Stefânia Ferreira, who participate in both dance pieces, it was noticed the singularity of the relations during the process that was studied, among which stand out: dancers with different bodily experiences, opened to a new experience in dance and a choreographer willing to realize what the bodies diversity could contribute to a creative work; and a meeting of creation between dancers co-creators and a challenger choreographer, characterized by availability, freedom and collaboration. The concept of polyphony from Bakhtin was used to justify the format of the research presentation. The interviews are distributed alongside with the writings from the author, with the intent to offer a broad view with convergences and divergences of opinions. The authors named above also contribute to the development of this thesis that intent to be polyphonic.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/31613
Arquivos Descrição Formato
000780697.pdf (1.844Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir
000780697.zip (182.8Mb) Vídeo Arquivo ZIP Visualizar/abrir
000780697-02.zip (95.79Mb) Vídeo Arquivo ZIP Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.