Repositório Digital

A- A A+

Modelagem Matemática na Educação de Jovens e Adultos

.

Modelagem Matemática na Educação de Jovens e Adultos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Modelagem Matemática na Educação de Jovens e Adultos
Autor Dornelles, Ewerton Fraga
Orientador Sant'Ana, Alvino Alves
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Matemática. Curso de Matemática: Licenciatura.
Assunto Educação de jovens e adultos
Matemática : Ensino : Aprendizagem
Modelagem matematica
Professores : Formacao
[en] Informal knowledge
[en] Mathematical modeling
[en] Youth and adults education
Resumo Este trabalho apresenta uma proposta de ensino-aprendizagem direcionada à Educação de Jovens e Adultos (EJA) e analisa as potencialidades do ensino que parte dos conhecimentos prévios dos alunos. As vivências dos alunos são os materiais empíricos para gerar os conceitos matemáticos. O conhecimento cotidiano é praticado no meio social do qual o aluno se insere. Desta forma o saber não é extremamente individual e sim praticado na comunidade ou no grupo do qual o sujeito pertence. Este saber informal serve para o dia-adia, portanto existe um plano no qual este saber é válido, mesmo que este saber não corresponda ao um saber científico devidamente formal e verificado. O trabalho não se limita a encontrar uma forma de gerar conceitos matemáticos a partir das experiências dos alunos, mas apresenta também algumas implicações que esta prática diferenciada pode gerar.
Abstract This work presents a proposal of teaching and learning directed to Educação de Jovens e Adultos (Brazilian´s program for youth and adults education - EJA), and examines the potential of teaching which begins in the prior knowledge of the students. The students’ experiences are the empirical material to generate the mathematical concepts. The everyday knowledge is practiced in the social environment from which the student is placed. So the knowledge isn’t extremely individual, but practiced in the community or group where the student belongs. This informal knowledge serve for the day-to-day, therefore there is a context in which this knowledge is valid, even if this knowledge does not correspond to a scientific knowledge properly formal and verified. This work does’t limit itself to find a way of generate mathematical concepts from the students’ experiences, but also present some implications of what this differentiated practice can generate.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/31618
Arquivos Descrição Formato
000784026.pdf (3.560Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.