Repositório Digital

A- A A+

Análise fenotípica e genotípica de estafilococos manitol positivos isolados de morcilhas de fabricação artesanal comercializadas na cidade de Pelotas

.

Análise fenotípica e genotípica de estafilococos manitol positivos isolados de morcilhas de fabricação artesanal comercializadas na cidade de Pelotas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise fenotípica e genotípica de estafilococos manitol positivos isolados de morcilhas de fabricação artesanal comercializadas na cidade de Pelotas
Outro título Fenotipic and genotipic analisys of staphylococci mannitol positive isolates from artisanal morcilla marketed in Pelotas
Autor Moura, Tiane Martin de
Orientador Frazzon, Ana Paula Guedes
Co-orientador Franco, Ana Claudia
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola e do Ambiente.
Assunto Alimentos de origem animal
Microbiologia dos alimentos
Resistência microbiana a medicamentos
Staphylococcus
Resumo A morcilha é uma iguaria muito consumida no sul do Brasil, porém a falta de estudos avaliando a potencial virulência de estafilococos isolados destas preparações é motivo de preocupação para o consumidor. O objetivo do estudo foi identificar os estafilococos manitol positivo isolados de morcilhas artesanais; verificar a resistência antimicrobiana; analisar e correlacionar o perfil fenotípico e genotípico da coagulase nos isolados, detectar o polimorfismo do gene coa e seu padrão de restrição enzimática; investigar através de técnica de PCR a presença dos genes das enterotoxinas clássicas e determinar se a técnica multiplex PCR pode ser empregada como ferramenta útil na identificação destes genes. Foram obtidos 82 isolados, destes 75,61 % eram estafilococos coagulase negativos e 24,3 % estafilococos coagulase positivos. Através do perfil bioquímico foram identificadas 9 espécies, sendo S. saprophyticus e S. carnosus as mais prevalentes. O fenótipo de resistência à tetraciclina e eritromicina foi o mais observado e 13 isolados apresentaram multirresistência. O gene coa foi detectado em 16 isolados e identificados 11 perfis de restrição enzimática. 33 isolados foram positivos para pelo menos um gene de enterotoxina e as espécies mais frequentes foram S. saprophyticus e S. carnosus. Os genes sea, seb e sec foram os mais prevalentes e a multiplex PCR amplificou os genes seb, sec e see. Conclui-se que a microbiota das morcilhas analisadas consiste de espécies do grupo coagulase negativo representando bactérias potencialmente patogênicas devido à resistência antimicrobiana e à presença de genes de enterotoxinas, chamando a atenção para este grupo de estafilococos.
Abstract The morcilla is a delicacy consumed in Southern Brazil, but the lack of studies evaluating the potential virulence of staphylococci isolated from these preparations is of concern to the consumer. The aim of the study was mannitol positive staphylococci isolated from artisanal morcilla; antibiotic resistance, analyze and correlate the phenotypic profile and genotype in isolates of coagulase, to detect the polymorphism of coa gene and its pattern of restriction enzyme, and to investigate the technique of PCR the presence of enterotoxin genes and determine whether the multiplex PCR technique can be employed as a useful tool in identifying these genes. We obtained 82 isolates, 75.61% of these were coagulase negative and coagulase positive 24.3%. Through biochemical profile were identified 9 species, S. saprophyticus and S. xylosus being most prevalent. The phenotype of resistance to tetracycline and erythromycin was the most observed and 13 isolates showed multidrug resistance. The coa gene was detected in 16 isolates and identified 11 profiles of restriction enzyme. 33 isolates were positive for at least one enterotoxin gene and the most frequent species were S. saprophyticus and S. carnosus. The genes sea, seb and sec were most prevalent and multiplex PCR amplified genes seb, sec and see. We conclude that the microbiota of morcilla analyzed consists of species of coagulase-negative group representing potentially pathogenic bacteria due to antimicrobial resistance and the presence of enterotoxin genes, calling attention to this group of staphylococci.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/31698
Arquivos Descrição Formato
000783853.pdf (1.376Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.