Repositório Digital

A- A A+

Estudo comparativo entre terapia fotodinâmica e imiquimod tópico para o tratamento de ceratoses actínicas

.

Estudo comparativo entre terapia fotodinâmica e imiquimod tópico para o tratamento de ceratoses actínicas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo comparativo entre terapia fotodinâmica e imiquimod tópico para o tratamento de ceratoses actínicas
Autor Webber, Analupe
Orientador Bakos, Lucio
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas.
Assunto Ceratose actínica
Fotoquimioterapia
[en] Actinic Keratoses
[en] Imiquimod
[en] Methyl aminolevulinate
[en] Photodynamic therapy
Resumo As Ceratoses Actínicas (CA) são lesões hiperceratóticas, displásicas de pele. Estão comumente localizadas em áreas expostas ao sol como couro cabeludo, face e antebraços. Acredita-se que a radiação ultravioleta (RUV) cumulativa seja o maior fator etiológico, considerando-se, também, a imunossupressão e infecção pelo papilomavírus humano(HPV) fatores contribuintes importantes. Existe o potencial de uma CA se transformar em Carcinoma Espinocelular (CEC) e, dessa forma, indica-se tratamento para as referidas lesões. Terapias tradicionais como crioterapia, curetagem e eletrocoagulação, medicações tópicas como 5-fluorouracil (5-FU) são ainda habituais. Porém novas opções como terapia fotodinâmica, diclofenaco e imiquimod 5% creme apresentam boa eficácia e perfil menor de efeitos colaterais, embora possam representar custo maior. A Terapia Fotodinâmica (TFD) envolve o uso de um agente fotossensibilizante, oxigênio e luz de comprimento de onda específico para causar morte celular. O fotossensibilizante geralmente utilizado é o ALA (ácido aminodeltalevulínico) ou seu éster metilaminolevulinato (MAL). No tecido lesionado, esses são convertidos em porfirinas fotoativas (PFAs) por enzimas da via biossintética do heme. A ativação é realizada por meio de luzes de comprimentos de onda que variam de 405 nm a 635 nm. Células displásicas ou neoplásicas produzem maior quantidade de porfirinas que os queratinócitos normais, sendo destruídas durante a aplicação da luz. O imiquimod 5% creme é um imunomodulador que estimula a resposta imune inata através da indução, síntese e liberação de citocinas. Isso resulta em efeitos antitumorais e antivirais indiretos. Seu uso tópico é eficaz e liberado para o tratamento de CA, Carcinoma Basocelular (CBC) superficial, Doença de Bowen (DB) e verrugas vulgares. Este trabalho tem como objetivo comparar duas recentes opções de tratamento para CA, a Terapia Fotodinâmica com metilaminolevulinato e o imiquimod 5% creme, por não existirem, na literatura atual, estudos comparativos dessas duas opções de tratamento. Foram selecionadas 12 pacientes com CAs que foram submetidas primeiramente à 1 sessão de TFD com MAL num lado da face e, 1 mês após, iniciaram o tratamento com imiquimod 5% creme aplicado no lado contralateral, duas vezes na semana, durante 16 semanas. A randomização foi realizada para determinar a hemiface para cada tratamento. Na primeira semana após a realização da TFD e mensalmente durante o tratamento com imiquimod, as pacientes foram avaliadas em relação aos efeitos colaterais dos tratamentos. Seis meses após entrarem no estudo, ambos os tratamentos foram analisados por um investigador cego para sua eficácia, tolerabilidade e seu resultado cosmético. Previamente ao tratamento as pacientes apresentaram um total de 245 lesões de CAs, sendo 120 lesões no lado submetido à TFD e 125 no lado tratado com imiquimod. Após o tratamento o número total de lesões diminuiu para 34 no lado tratado com TFD e para 30 no lado tratado com imiquimod, respectivamente. Não foram observadas diferenças estatisticamente significativas na eficácia de ambos os tratamentos e na frequência de efeitos colaterais. Entretanto, os pacientes, significativamente preferiram o tratamento com a terapia fotodinâmica, talvez pela rapidez do método, comparado com a aplicação tópica do creme de imiquimod a 5%.
Abstract Background: Actinic keratosis (AK) represents an initial process that may lead to in situ or invasive squamous cell carcinoma. The importance of its early diagnosis and treatment is well-established. There are several effective options available for the treatment of actinic keratosis, including topical imiquimod 5% cream and photodynamic therapy (PDT). Objetive: To compare the efficacy and patient preference between topical MAL-PDT and imiquimod 5% cream for the treatment of AK. Methods: Twelve patients, with a total of 245 lesions, underwent treatment with MAL-PDT and imiquimod 5% cream. Randomization was performed to determine the hemiface (right or left) for each therapy. First, patients were submitted to MAL-PDT. After one month, they started to use imiquimod on the opposite side of the face, twice a week, for 16 weeks. Six months after entering the study, both treatments were analyzed by a blinded investigator for their effectiveness, tolerability and cosmetic result. Results: Both treatments showed a good therapeutic response. 72% of the lesions treated with MAL-PDT were completely cleared, and 76% of those treated with imiquimod. The mean size of the residual lesions after the treatments was similar. Ten patients (83%) preferred MAL-PDT rather than imiquimod. (p: 0.03). Conclusions: Both MAL-PDT and imiquimod are effective in clearing AKs. Our results showed similar efficacy and good cosmetic outcomes with both treatments. However, a significant percentage of the subjects preferred MAL – PDT.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/31813
Arquivos Descrição Formato
000785470.pdf (1.191Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.