Repositório Digital

A- A A+

O escarro induzido no diagnóstico das doenças pulmonares em pacientes positivos ao vírus da imunodeficiência humana

.

O escarro induzido no diagnóstico das doenças pulmonares em pacientes positivos ao vírus da imunodeficiência humana

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O escarro induzido no diagnóstico das doenças pulmonares em pacientes positivos ao vírus da imunodeficiência humana
Autor Silva, Rosemeri Maurici
Orientador Moreira, José da Silva
Teixeira, Paulo Jose Zimermann
Data 2003
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas : Pneumologia.
Assunto Escarro : Microbiologia
Estudos de coortes
Pneumopatias : Diagnóstico
Pneumopatias : Etiologia
Síndrome de imunodeficiência adquirida
Resumo A indução de escarro é uma técnica utilizada amplamente para monitorar a inflamação de vias aéreas, porém sua importância como ferramenta diagnóstica de doenças pulmonares em pacientes imunocomprometidos ainda necessita de melhor definição. Com o objetivo de determinar o seu rendimento no diagnóstico das doenças pulmonares em pacientes positivos ao HIV, no período de janeiro de 2001 a setembro de 2002, foram avaliados todos os pacientes com idade superior a 14 anos, infectados com o vírus da imunodeficiência humana, admitidos no Hospital Nereu Ramos (Florianópolis – Santa Catarina – Brasil). Foram incluídos no estudo aqueles indivíduos que apresentavam manifestações clínicas do aparelho respiratório há pelo menos 7 dias, associadas, ou não, a sinais radiológicos de doença pulmonar. Também foram incluídos indivíduos assintomáticos do ponto de vista respiratório, mas que apresentavam alterações no radiograma de tórax. Todos os pacientes foram submetidos à avaliação clínica, radiológica e laboratorial e realizaram a indução de escarro, seguida pela broncofibroscopia, lavado broncoalveolar e biópsia pulmonar transbrônquica. As amostras obtidas foram processadas para bacterioscopia pelo método de Gram e Ziehl-Neelsen, cultura quantitativa para bactérias, exame micológico direto, cultura para micobactérias e fungos, pesquisa de citomegalovírus e Pneumocystis jiroveci, bem como celularidade total e diferencial. De um total de 547 pacientes, 54 com idade média de 35,7 anos foram incluídos no estudo. Destes, 79,6% pertencentes ao sexo masculino e 85,2% caucasianos. A contagem média de linfócitos TCD4+ foi de 124,8/mm3. O padrão radiológico mais comum foi o intersticial (44,4%). A pesquisa de agente etiológico resultou negativa em 7 pacientes, sendo que nos 47 casos restantes foram isolados 60 agentes. Dentre os agentes isolados, 46,7% foram P. jiroveci; 33,5% bactérias piogênicas e 16,7% M. tuberculosis. O escarro induzido apresentou sensibilidade de 57,5%, especificidade de 42,9%, valor preditivo positivo de 87,1%, valor preditivo negativo de 13,0% e acurácia de 55,6%. Estes resultados sugerem que, nesta população, a análise do escarro induzido é um procedimento simples, seguro e com bom rendimento diagnóstico.
Abstract Induced sputum is a useful technique to assess airway inflammation, but its role to the diagnosis of lung disease in the immunosupressed patients needs more investigation. To determinate its utility in the diagnosis of lung diseases, from January 1, 2000, to September 30, 2002, HIV positive patients older than 14 years were evaluated at a reference hospital in Florianópolis, Santa Catarina, Brazil. Patients with respiratory symptoms for seven days or longer, presenting with normal or abnormal chest x-ray and those without respiratory symptoms but with an abnormal chest x-ray were included. All patients were submitted to clinical, radiologic and laboratorial evaluation and after that, bronchoscopy with bronchoalveolar lavage and transbronchial biopsy were carried out. The samples were processed for Gram and Ziehl-Neelsen stains, quantitative cultures for pyogenic bacteria, direct stain for fungi, culture for mycobacteria and fungi, silver stain for Pneumocystis jiroveci, as well as total and differencial celularity count. From the 547 patients evaluated, 54 patients with mean age of 35,7 years, 79,6% male and 85,2% caucasians were included. Mean limphocyte counts was 124,8/mm3. Intersticial infiltrate was the most frequent radiologic pattern (44,4%). Sixty infectious agents were isolated from 47 patients and no diagnosis was made in 7 patients. Considering etiologic agents, 46,7% were P. jiroveci, 33,5% were pyogenic bacteria and 16,7% were M. tuberculosis. Sensitivity was 57,5%, specificity 42,9%, predictive positive value 87,1%, predictive negative value 13,0% and accuracy 55,6%. Based on this data, induced sputum is a helpful technique to the diagnosis of lung diseases in HIV positive patients.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/3184
Arquivos Descrição Formato
000383235.pdf (1.039Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.